Menu
20 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Interior

Polícia Militar Ambiental prende e autua caçador em R$ 43 mil com 87 kg de carne de animais silvestres

Em alguns pedaços da carne dos animais era possível verificar marcas de tiros de arma de fogo

11 Ago2019Da redação11h40

Foi preso na tarde de ontem (10), pela Policia Militar Ambiental de Naviraí, um caçador com 87 kg de carne e linguiça de animais silvestres. O homem trafegava pela BR 163, próximo à cidade de Juti quando foi abordado após a equipe da PMA receber denúncias. 

O infrator, é residente em Pompéia (SP), mas é arrendatário de uma propriedade rural, no município de Caarapó, alegou à polícia ser carne de animal silvestre da espécie cateto e que havia ganhado de um amigo, porém, a PMA já tinha um histórico de denúncias e respeito do caçador.

Em alguns pedaços da carne dos animais era possível verificar marcas de tiros de arma de fogo. O veículo, a carne e linguiça foram apreendidos. Além de ser autuado administrativamente e multado em R$ 43.000,00.

O homem foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à Delegacia de Polícia Civil de Juti e responderá por crime ambiental de transporte de produto ilegal da fauna e poderá pegar pena de seis meses a um ano e meio de detenção.

Veja Também

Azambuja nomeia professores
Três Lagoas: Alerta para o aumento do número de casos suspeitos de Dengue
Atendimento inicia nesta segunda para ajudar MEI a fazer Declaração Anual
Mega-Sena acumula e vai a R$ 32 milhões
Manhã de sol e chuva a tarde
Oficinas gratuitas de esporte e laze retornam aos parques e praças
Gêmeas permanecem internadas sem previsão de cirurgia
Carreta da Justiça começa atendimento de 2020 em Alcinópolis e Figueirão
Prefeitura de Corumba divulga regras para barracas e ambulantes
Provas para selecionar professor temporário serão aplicadas amanhã