Menu
15 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Pátio Central - Natal
Crime ambiental

PMA autua pecuarista em R$ 37 mil

Multa de por desmatamento 7 hectares de vegetação nativa e de mata ciliar

14 Mar2018Da redação07h00

Policiais Militares Ambientais do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda, em Bonito, realizavam fiscalização no município, em uma fazenda localizada a 90 km da cidade e localizaram ontem (13), o desmatamento ilegal de 7 hectares de vegetação nativa fora de área protegida. Além disso, foram derrubadas também 50 árvores dentro da área protegida de matas ciliares de um córrego que corta a propriedade rural.

O fazendeiro, residente em Dourados, desmatou a área utilizando um trator de lâmina, que foi apreendido. As atividades foram paralisadas. O produtor rural (65) foi autuado administrativamente por degradação de Área de Preservação e desmatamento ilegal e multado em R$ 37.000,00. Ele responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção.

O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Veja Também

Três Lagoas cria setor especial para pacientes com suspeita de dengue
Indígenas obtêm registro civil com ajuda da Carreta da Justiça
Confira a escala dos postos de saúde para este sábado
Casamento comunitário espalha vida em igreja
Governo adquire scanners corporais para revistas em presídios
Décimo terceiro para servidores municipais estará disponível neste sábado
Lançado edital para PPP do tapa buracos na Capital
Praça dos Imigrantes promove concurso de presépio e cantata natalina
Vias serão interditadas neste fim de semana para realização de eventos
É um orgulho representar o MS, diz futura ministra em diplomação