Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Voçorocas

PMA autua empresa por degradar ambiente

Erosões foram criadas devido a remoção da vegetação sem ações de conservação

24 Ago2017Da redação07h58

Durante fiscalização nas propriedades rurais do município de Iguatemi, Policiais Militares Ambientais de Naviraí fiscalizaram ontem (23) uma fazenda e constataram a degradação ambiental devido a existência de erosões. Eram três voçorocas próximas e profundas dentro de uma plantação de cana-de-açúcar.

Os processos erosivos surgiram devido à remoção da vegetação sem ações de conservação do solo, que são obrigatórias pela legislação nas intervenções feitas para a produção em propriedades rurais.

A empresa agrícola, com domicílio jurídico em Iguatemi, foi autuada administrativamente e multada em R$ 5.000,00. Os responsáveis pela empresa também poderão responder por crime ambiental, com pena prevista de um a quatro anos de reclusão.

A PMA determinou a interdição da área,  para proteção e recuperação, com proibição de atividades agrícolas. A empresa infratora também foi notificada a apresentar projeto de recuperação de área degradada e alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental.

 

Veja Também

Castração de gatos no CCZ deverá ser agendada presencialmente
Empresário sugere proibição de fogos de artifício com ruído
Deficientes poderão ser isentos de taxa de inscrição em concursos
Projetos proíbem cursos de graduação a distância na área da saúde
Campo Grande está entre as cidades com menor índice de perda de água
Criação de Conselho Municipal LGBT será debatida na Câmara
Trânsito CCR MSVia informa usuários da BR-163/MS sobre trechos em pare-e-siga Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Petrobras reduz em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias
Obra avança e dúvidas permanecem
Resultado do Sisu pode ser consultado pela internet