Menu
27 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Meio ambiente

PMA autua dono de rancho em R$ 5 mil

Obra foi construída degradando matas ciliares do rio Aquidauana

5 Nov2016Da redação09h22

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Campo Grande realizava fiscalização no rio Aquidauana, no município de Anastácio, e localizou ontem (4) à tarde, uma degradação das matas ciliares do rio (área de preservação permanente – APP), para ampliação de construção de um rancho pesqueiro e moradia. 

A área tratava-se de uma invasão e o infrator que já havia sido autuado pela PMA por construir na área protegida e responde na justiça, ampliava a área construída a 20 metros da margem do rio, continuando a degradação da área de preservação permanente (mata ciliar) que deveria ser preservada em 100 metros de distância no local. A atividade fora realizada sem autorização ambiental. 

As atividades foram interditadas e o infrator, de 70 anos, residente no local, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada (PRADE). 

Veja Também

Vítima de acidente, engenheira morre em hospital
Prefeitura da Capital afirma ter suprido déficit de medicamentos
23° Encontro de Estudantes de Relações Internacionais será na Capital
Vereadora solicita construção de UBS para bairros da Capital
Usina indenizará vítima de atropelamento em rodovia
Câmeras flagraram atropelamento fatal
Vacinação contra gripe na Praça Ary Coelho
Vereador apresenta projeto a supermercados para reaproveitar alimentos
TJ permite que candidata continue em concurso para escrivã de Polícia
População retira kit gratuito para sinal digital