Campo Grande •17 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Sábado, 13 de Janeiro de 2018 - 13h19Águas apresenta tecnologias em saneamento em evento internacionalProfessores, técnicos e acadêmicos do Brasil, Chile, Malásia e África do Sul se reuniram na concessionária

(Foto: Águas Guariroba/Divulgação)

O encontro de encerramento da 1ª Escola de Mecânica dos Fluídos Ambiental no Brasil aconteceu nesta sexta-feira (12) na Águas Guariroba. Professores, técnicos e acadêmicos do Brasil, Chile, Malásia e África do Sul se reuniram na concessionária para uma visita técnica e conheceram de perto a aplicação da mecânica de fluídos ambiental ao saneamento. Esta é a segunda vez que a Escola acontece na América Latina e a primeira vez no país. O evento foi promovido pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

De acordo com o professor Fabio Veríssimo Gonçalves, da UFMS, o que os participantes acompanharam na Águas Guariroba, com apresentação de palestra e exposição do Centro de Controle Operacional (CCO), traz na prática muito da bagagem teórica que é desenvolvido na academia. “Isso que a gente viu hoje na concessionária, sobre o controle de perdas, a preocupação e manutenção do sistema operacional e o conceito básico do movimento da água nas tubulações é o que desenvolvemos em projetos na universidade”, comenta.

A Escola de Mecânica dos Fluídos Ambiental trouxe para Campo Grande os maiores expoentes do assunto no Brasil e no mundo para dar um curso que pudesse melhorar o entendimento sobre o princípio básico da hidráulica. “Para nós é importantíssimo porque é um tipo de escola que acontece há alguns anos na Europa. É a segunda vez na América Latina, a primeira vez no Brasil. É importante ressaltar que a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul teve uma força substancial de trazer cursos tão importantes para cá”, pontua. Seguindo o modelo das Escolas já realizadas pela Associação Internacional de Engenharia e Pesquisa Hidro Ambiental (IAHR), o curso combina teoria, experimentos e aplicações, envolvendo aulas teóricas, aulas de campo e visitas técnicas.

Para o professor Veríssimo, a parceria entre universidade e Águas Guariroba proporciona inovação além da academia. “Muito do que a gente estuda precisamos, em vários momentos, de dados reais para que nossos modelos matemáticos sejam mais robustos e que posteriormente a gente possa colocar isso para a sociedade ou para as empresas. Então a parceria com a Águas é exatamente isso: ter o contato com os dados reais para que a gente possa modelar corretamente os nossos cálculos matemáticos e depois entregar um produto ou um sistema computacional ou um novo sistema de tratamento ou coisa parecida e com uma maior confiabilidade e realidade”, comentou.

Veja Também
Anvisa determina apreensão de lote falsificado de Botox
Odilon será governador e Dias presidente, afirma vidente
Rua 14 de Julho será shopping a céu aberto, diz prefeitura
Governadora em exercício retoma visita às regiões atingidas pelas chuvas
Tecnologia e sustentabilidade abre Showtec 2018
Pesquisadores de MS estudam bactéria que compromete o desenvolvimento de peixes
UEMS lança editais para Ações a serem desenvolvidas em 2018
Quarta, 17 de Janeiro de 2018 - 08h31Resultado do Enem 2017 deve sair nesta quinta Nota só pode ser consultada individualmente
Quarta, 17 de Janeiro de 2018 - 07h17Previsão de mais chuva nesta quarta-feira Apesar da chuva os termômetros devem permanecer em elevação
Pesquisadores de MS estudam bactéria que compromete produção de peixes
Square notícia uci
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento