Campo Grande •26 de Fevereiro de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Banner Governo do Estado - Campanha Carna AIDS

Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital | Quarta, 21 de Setembro de 2016 - 15h27Agências bancárias são denunciadas à PF por descumprimento de leiItaú foi denunciado, pois estaria atendendo fora do horário de expediente

De acordo com a Lei nº 7.102/83 que veda o funcionamento de qualquer estabelecimento financeiro sem vigilante.
De acordo com a Lei nº 7.102/83 que veda o funcionamento de qualquer estabelecimento financeiro sem vigilante. (Foto: Divulgação)

Devido à greve dos bancos, varias denuncias estão chegando ao Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região. Na terça-feira, dia 20, o banco Itaú foi denunciado, eles teriam determinando que os funcionários atendessem os clientes fora do horário de expediente, assim descumprindo a lei de segurança bancária.

Dirigentes sindicais foram até uma agência e constataram a irregularidade. “Presenciamos o gerente estava na unidade à noite com dois clientes e sem vigilante. Tal situação coloca em risco a vida do próprio bancário como a dos clientes, já que estão expostos e podem ser assaltados”, disse o presidente do sindicato, Edvaldo Barros. O funcionário informou que a orientação tinha sido da própria instituição, através da inspetoria do banco.

De acordo com a Lei nº 7.102/83 que veda o funcionamento de qualquer estabelecimento financeiro sem vigilante. A fiscalização desta legislação cabe a Polícia Federal, o sindicato protocolou a denúncia no órgão para que providências sejam tomadas. De acordo com o advogado do sindicato, Alexandre Cantero, o banco pode ser punido com advertência, multa ou até a interdição do estabelecimento.

O secretário jurídico do sindicato, Orlando Almeida, diz que a greve é legítima, e é um direito garantido pela Constituição. “Nenhum bancário pode ser forçado a voltar ao trabalho. É um absurdo essa situação. Além de ser uma prática antissindical e de assédio do banco, mostra que a instituição não se importa com a vida do funcionário. Como entidade que representa os bancários, não podemos deixar que essa situação se repita”, completou Orlando. 

Veja Também
Ferramenta avaliará compra e distribuição de equipamentos para o SUS
Prefeitura disponibiliza computadores para distrito de Anhanduí
Anatel recebeu 3,9 milhões de reclamações no ano passado
Governo do Estado abre inscrições para o primeiro GovLab em MS
Bancos ficarão fechados na segunda e na terça de Carnaval
Máquina é capaz de realizar 180 testes por hora e 30 mil por dia
Confira o que abre e fecha no período de Carnaval no Governo de MS
Filha de paciente que morreu à espera de vaga em UTI será indenizada
Prefeitura da Capital limita Uber a 490 motoristas
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017 - 06h59Dia será nublado a parcialmente nublado na Capital Temperatura pode chegar a 31° no período da tarde
Ótica Diniz
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento