Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Denuncia

Agências bancárias são denunciadas à PF por descumprimento de lei

Itaú foi denunciado, pois estaria atendendo fora do horário de expediente

21 Set2016Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital15h27

Devido à greve dos bancos, varias denuncias estão chegando ao Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região. Na terça-feira, dia 20, o banco Itaú foi denunciado, eles teriam determinando que os funcionários atendessem os clientes fora do horário de expediente, assim descumprindo a lei de segurança bancária.

Dirigentes sindicais foram até uma agência e constataram a irregularidade. “Presenciamos o gerente estava na unidade à noite com dois clientes e sem vigilante. Tal situação coloca em risco a vida do próprio bancário como a dos clientes, já que estão expostos e podem ser assaltados”, disse o presidente do sindicato, Edvaldo Barros. O funcionário informou que a orientação tinha sido da própria instituição, através da inspetoria do banco.

De acordo com a Lei nº 7.102/83 que veda o funcionamento de qualquer estabelecimento financeiro sem vigilante. A fiscalização desta legislação cabe a Polícia Federal, o sindicato protocolou a denúncia no órgão para que providências sejam tomadas. De acordo com o advogado do sindicato, Alexandre Cantero, o banco pode ser punido com advertência, multa ou até a interdição do estabelecimento.

O secretário jurídico do sindicato, Orlando Almeida, diz que a greve é legítima, e é um direito garantido pela Constituição. “Nenhum bancário pode ser forçado a voltar ao trabalho. É um absurdo essa situação. Além de ser uma prática antissindical e de assédio do banco, mostra que a instituição não se importa com a vida do funcionário. Como entidade que representa os bancários, não podemos deixar que essa situação se repita”, completou Orlando. 

Veja Também

Internos concluem curso de Corte e Costura no interior
Governo Federal reconhece estado de emergência em 184 cidades
Ex-servidores do HU viram réus por desvio de dinheiro
Nova procuradora toma posse no MPT-MS
Mortos em acidente na BR são identificados
Falha em ônibus atingido por trem está sendo investigada
Projeto proíbe cobrança para religação de água e luz em caso de corte
TCU investigará se cobrança de bagagem barateou passagens aéreas
Ministério condena assédio de brasileiros a mulher na Rússia
Seminário discutirá correção monetária dos valores das modalidades licitatórias