Campo Grande •23 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Segunda, 17 de Outubro de 2016 - 20h20Agência de Regulação inicia estudos sobre tarifa de ônibus da CapitalLevantamento leva em conta preços dos combustíveis, manutenção da frota e salários de motoristas

Valores praticados atualmente são de R$ 3,25, nas linhas convencionais, e R$ 3,95, nas executivas e vigoram desde novembro de 2015
Valores praticados atualmente são de R$ 3,25, nas linhas convencionais, e R$ 3,95, nas executivas e vigoram desde novembro de 2015 (Foto: Arquivo Diário Digital)

A Agência de Regulação dos Serviços Públicos do Município (Agereg) já iniciou os estudos sobre a tarifa de transporte coletivo urbano de Campo Grande. O relatório que ajudará a definir a passagem de ônibus praticada na Capital deve ficar pronto em novembro. Hoje os valores são R$ 3,25, nas linhas convencionais, e R$ 3,95, nas executivas, preços que começaram a vigorar em 19 de novembro de 2015.

Nestes estudos, a Agereg normalmente leva em conta itens como preços dos combustíveis, manutenção da frota e salários de motoristas. Pelo contrato de prestação de serviços, as empresas concessionárias do transporte público têm direto à revisão tarifária com base no Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) dos últimos 12 meses, conforme a assessoria de imprensa do Consórcio Guaicurus.

Esse consórcio reúne as empresas que exploram o serviço de transporte, sendo Cidade Morena, São Francisco e Jaguar Transporte Urbano. A assessoria informou ainda as empresas não fizeram qualquer proposta de reajuste e que entregam todos os meses a planilha de custos para a Agereg.

Ainda de acordo com a assessoria, pelo contrato, a revisão tarifária deveria ocorrer no mês de novembro, mas cabe ao prefeito decidir quando ela entrará em vigor. A expectativa é de que, mesmo com o relatório pronto em novembro, um novo valor comece a vigorar em janeiro de 2017.

O Consórcio atende a Capital com frota aproximada de 590 ônibus para transportar cerca 200 mil passageiros diariamente.

Veja Também
Leishmaniose matou duas pessoas em MS neste ano
Quase dois mil perderam emprego, diz sindicato
Confirmada primeira morte por dengue em MS neste ano
Em Três Lagoas, comissão vai corrigir valores do IPTU
Obras de contenção impedirão enxurradas destrutivas
Baterias de notebooks passam por recall devido ao risco de explosão
Sábado, 22 de Abril de 2017 - 13h12Após ser esfaqueado por dupla, jovem é socorrido pelos bombeiros Ele recebeu os primeiros atendimentos e foi encaminhado ao pronto-socorro municipal
Prefeito diz que até início de maio todos uniformes escolares serão entregues
Carcaças aéreas permanecem em aeroportos depois de leiloadas
Prefeitura anuncia reestruturação de memorial e cursos para Comunidade Indígena Marçal de Souza
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento