Menu
20 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Habitação

Agehab atinge meta e mais de mil títulos de propriedade são entregues

Até novembro deste ano foram entregues 1931 documentos que garantem o título de propriedade para as famílias

14 Dez2019Da redação13h05

O trabalho conjunto da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) com os Municípios garantiu o alcance da meta de entrega de títulos de propriedade por meio do Programa de Regularização Fundiária e trouxe segurança e dignidade aos moradores que viviam em áreas irregulares.

Até novembro deste ano foram entregues 1931 documentos que garantem o título de propriedade para as famílias. A meta para 2019 era entregar 1800 títulos. Em 2017, quando a Lei 13.465 trouxe benefícios para regularização fundiária urbana, 435 documentos foram entregues. Já no ano seguinte 1253 famílias foram beneficiadas.

Para a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez a garantia de posse agrega valor ao imóvel beneficiando assim seus proprietários.

“A titularidade do imóvel além de oferecer segurança as famílias, faz com que as unidades tenham mais valor de mercado. Agora, essas áreas estão inseridas nos cadastros municipais e terão uma gestão adequada”.

Quem pode falar com propriedade sobre o sentimento de receber o documento definitivo de sua casa é o aposentado de 82 anos, Manoel Lacerda Sobrinho. “É um momento de muita alegria, eu não esperava, só tenho a agradecer. Muito obrigado”.

Manoel faz parte das 45 famílias que receberam os títulos de propriedade no Bairro Francisco Antônio dos Santos, em Jateí. Ao lado da espessa, ele se emocionou ao receber a pasta com a documentação. “Com a idade que eu tenho, receber um presente desses não tem preço. Eu até pensei que não conseguiria”.

Morador de Santa Rita do Pardo há mais de 30 anos, José Domingues de Oliveira realizou o sonho de receber o documento que regulariza seu imóvel. “Depois de tanto sofrimento hoje e estou muito feliz e agradecido por receber o documento da minha casa”.

Junto da esposa e do filho, o beneficiário Alex Lima também não escondeu a emoção ao receber o título de sua residência. “Estamos aqui num momento de alegria que o governo do Estado nos proporcionou com a entrega da escritura das casas. Agradeço também à Prefeitura que também não mediu esforços para trabalhar na regularização em parceria com a Agehab”.

Veja Também