Menu
27 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Turismo

Acampamentos atraem turistas em busca de contato com a natureza do MS

Ministério do Turismo diz que 315 mil turistas estrangeiros optaram por hospedar-se em campings e albergues durante a viagem pelo Brasil em 2015

19 Out2016Assessoria de comunicação da Fundação de Turismo de MS18h18

Acampar é uma opção diferente para quem pretende desfrutar e vivenciar as belezas naturais. Seja para os fins de semana, feriados prolongados e até nas férias é garantia de diversão e aventura com a família, amigos ou para o casal. São locais onde você acorda pela manhã, abre a barraca e se depara com paisagens únicas. A dica é aproveitar ao máximo o que os campings oferecem de lazer e contato com a natureza. Privilegiado pela natureza exuberante e clima agradável, Mato Grosso do Sul favorece a prática do campismo.

O Brasil conta atualmente, com 40 acampamentos turísticos registrados no sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo, do Ministério do Turismo, Cadastur. Mato Grosso do Sul conta com 11 áreas de camping cadastradas localizadas em Bodoquena, Bonito, Coxim, Guia Lopes da Laguna, Jardim e Nova Alvorada do Sul.

O registro no Cadastur é obrigatório para as empresas prestadoras do serviço de acampamento turístico no país, assim como para as agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos e para os guias de turismo. O cadastro no sistema desenvolvido pelo Ministério do Turismo, em parceria com os órgãos oficiais de turismo das unidades da federação, garante que a empresa está legalmente apta a prestar o serviço turístico.

O camping permite ao viajante desfrutar do contato com a natureza na experiência turística, conhecer a biodiversidade do destino e contemplar a beleza das paisagens dos biomas brasileiros. Na hora de escolher o local para se hospedar durante uma viagem, muitos brasileiros e estrangeiros optam pelos campings com o intuito de aproveitar ao máximo a proximidade de cachoeiras, rios e parques.

De acordo com o boletim de intenção de viagem do Ministério do Turismo referente ao mês de setembro, 11,2% dos brasileiros que pretendem viajar nos próximos seis meses afirmam preferência por meios de hospedagem alternativos. A opção de hospedagem também conquista os viajantes internacionais. De acordo com o estudo da Demanda Turística Internacional, 315 mil turistas estrangeiros optaram pelos campings e albergues como meios de hospedagem durante a viagem pelo Brasil em 2015.

Dados sobre MS- Mato Grosso do Sul destaca-se como destino de Natureza referência em Turismo de Aventura e Ecoturismo, o que fez o Estado alcançar projeção mundial. O turismo de natureza, ecoturismo e aventura, são as preferências do turista que vem para Mato Grosso do Sul, cerca 75,6% e para lazer 40,1%.

Dados do Ministério do Turismo registram que 19% do total de turistas que visitam o Brasil apontam o Ecoturismo e o Turismo de Aventura como motivação central de sua viagem. Os turistas de aventura e de ecoturismo gastam, em média, US$ 3 mil por viagem, valor que representa quase o dobro da média geral. As viagens desse público duram oito dias em média, e eles estão dispostos a pagar mais por experiências emocionantes e autênticas.

Conheça os acampamentos cadastrados site: www.cadastur.turismo.gov.br

 

Veja Também

Vítima de acidente, engenheira morre em hospital
Prefeitura da Capital afirma ter suprido déficit de medicamentos
23° Encontro de Estudantes de Relações Internacionais será na Capital
Vereadora solicita construção de UBS para bairros da Capital
Usina indenizará vítima de atropelamento em rodovia
Câmeras flagraram atropelamento fatal
Vacinação contra gripe na Praça Ary Coelho
Vereador apresenta projeto a supermercados para reaproveitar alimentos
TJ permite que candidata continue em concurso para escrivã de Polícia
População retira kit gratuito para sinal digital