Menu
23 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Educação

Acadêmico de Química é premiado em Simpósio no Paraná

Trabalho de Arthur Rodrigues é vinculado ao Programa de Bolsas de Iniciação Cinetífica

19 Ago2017Da redação11h19

O acadêmico do curso de Química da UFGD, Arthur Carlos Rodrigues Trindade, foi premiado no VIII Simpósio de Analise Térmica com o trabalho intitulado: Caracterização Termogravimétrica do Metalofármaco Aceclofenaco de Neodímio e Praseodímio. O evento foi realizado de 13 a 15 de agosto em Ponta Grossa (PR).

O trabalho de Arthur é vinculado ao Programa de Bolsas de Iniciação Cinetífica - PIBIC-CNPq e comprovou a reprotudividade do método de síntese de metalofármacos de aceclofenaco com Praseodímio e Neodímio no estado sólido. Agora o estudante iniciará a fase de estudos da toxidade do composto sintetizado, com avaliação das propriedades do composto posteriormente. A pesquisa foi desenvolvida inteiramente nos laboratórios da Faculdade de Ciências Exatas e Tecnolgias - FACET-UFGD. 

Dos 145 trabalhos apresentados, o trabalho do acadêmico foi escolhido como melhor trabalho NETZSCH, ou seja, concedido àqueles que utilizaram os equipamentos de análise térmica da marca referida. A UFGD possui o analisador térmico simultâneo  STA 449 F3 Jupiter®,  que realiza medidas de termogravimetria e calorimetria exploratória diferencial simultâneas. Equipamento importante para a área adquirido através projeto FINEP. 

O evento contou com a presença de 16 palestrantes renomados da área, sendo seis internacionais entre eles o editor chefe do Journal of Thermal Analysis and Calorimetry e o presidente da International Confederation for Thermal Analysis and Calorimetry (ICTAC). A UFGD teve participação expressiva neste evento contando com a participação de três docentes da FACET e 17 acadêmicos de graduação e de  pós-graduação ligados ao curso de Química.

Para o professor Tiago Coman, partircipar de um evento como esse é importante para diversas áreas do conhecimento, pois trata da aplicação da análise térmica nas áreas da Química, Física, Ciência de Matérias, Farmácia, Ciência e tecnologia de alimentos. "Esse Simpósio ocorre a cada dois anos e tem aumentado seu público a cada edição. Além de atualizar os conhecimento e ter acesso às novidades da área, ele proporciona aos estudantes e professores o intercâmbio de informações entre pesquisadores de diversas instituições do país e do exterior", enfatizou.

Veja Também