Menu
21 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner CCR-MS Via
Campo Grande

Abelhas se espalham e parque segue interditado

Corpo de Bombeiros não conseguiu remover colmeias; atividades estão suspensas

7 Dez2017Valdelice Bonifácio17h29
(Foto: Marco Miatelo)
  • Infestação de abelhas provocou interdição do Parque do Sóter
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

O Parque Ecológico do Sóter, na Mata do Jacinto, em Campo Grande, continua interditado em razão da infestação de abelhas. O local foi fechado na segunda-feira passada, 4 de novembro. Na quarta-feira, dia 6, o Corpo de Bombeiros esteve no local, mas não conseguiu remover as colmeias.

A informação é de que os insetos se espalharam o que inviabilizou o trabalho. Agora, a prefeitura estuda acionar um especialista em abelhas para definir como o problema será resolvido.

Com a interdição do parque, as oficinas do Programa Movimenta Campo Grande estão suspensas. Em nota encaminhada à imprensa, a prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Esportes (Funesp), pede que os moradores evitem passar pelas proximidades do Parque até a remoção de colmeias.

Veja Também

Ação pela Paz terá serviços gratuitos na praça Belmar Fidalgo
Três Lagoas promete maior rigor contra descarte irregular de lixo
UFMS faz campanha divertida pela preservação de livros
Samu de Dourados alerta para ‘fake news’ sobre emprego
Corumbá oferece 150 exames de mamografia para livre demanda até dia 31
UFGD repudia símbolo nazista em cartaz da universidade
Alunos da Reme premiados em concurso de educação ambiental
Cartilha do Jovem Cinsumidor ganha 2ª edição
Anvisa aprova novos tratamentos contra o câncer
Estudo relaciona 12% das mortes por câncer de mama ao sedentarismo