Campo Grande •21 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Quinta, 29 de Setembro de 2016 - 16h3740 mil novas unidades do Minha Casa, Minha Vida são aprovadas para 2016Beneficiados contarão com um subsídio de até R$ 45 mil

O Ministério das Cidades autorizou o início da execução da Faixa 1,5 com meta de contratação de 40 mil novas unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), com, no máximo, 500 unidades por empreendimento. As unidades serão produzidas por pessoas jurídicas do ramo da construção civil contribuindo com a geração de empregos e renda.

Famílias com renda mensal de R$ 2.350,00, e que possuem capacidade de comprometimento de renda, serão contempladas. Os beneficiados contarão com um subsídio de até R$ 45.000, conforme renda e localização do imóvel, além de juros reduzidos para financiamento com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) (5%a.a.).

 A Faixa 1,5 tem como principal característica oferecer um subsídio maior do que o da Faixa 2 para atender famílias que não conseguem comprar um imóvel nesse valor.

 Para a nova faixa de operação de financiamento não haverá seleção de famílias por prefeituras. Os candidatos devem procurar as instituições financeiras e construtoras para que sejam enquadrados nos critérios estabelecidos.

No dia 11 de setembro, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, afirmou que serão destinados para esta faixa recursos no total de R$ 3,8 bilhões, sendo R$ 1,4 bilhão em subsídios (R$ 1,26 bilhão do FGTS e R$ 140 milhões do Tesouro Nacional), outros R$ 2,4 bilhões em financiamentos do FGTS.

 O programa ainda trás outros critérios como a extinção de sorteio, no âmbito do MCMV, dos proponentes de financiamento com recursos do FGTS. A determinação altera o disposto na Portaria 115/2016, que aprovou a Carta Minha Casa, Minha Vida (Carta MCMV), de caráter informativo, e os procedimentos para sua obtenção e utilização nas operações de financiamento.

 “O enquadramento em critérios que colaborem com o atendimento a um número maior de famílias faz parte de uma nova postura de governança da pasta e garante isonomia ao processo”, informou Henriqueta Arantes, secretária Nacional de Habitação.

Veja Também
População pode se cadastrar para receber alertas de desastre da Defesa Civil por SMS
Macaco é encontrado morto em fazenda
Mega-sena acumula e pode pagar R$ 20 milhões na quarta-feira
Domingo, 21 de Janeiro de 2018 - 07h20Campo Grande terá máxima de 37º Pode ocorrer pancadas de chuvas em regiões isoladas
Aeroporto de Campo Grande comemora 54 anos
Sábado, 20 de Janeiro de 2018 - 12h29Emílio Ribas tem dois meses de espera Em São Paulo já fica de espera para conseguir a imunização
Termina domingo eleição do prato de Campo Grande
Devotos passam o dia festejando São Sebastião
Cai o número de acidentes e mortes na BRs em 2017
Sindicato fideliza filiado com serviços
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento