Menu
23 de janeiro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Segov - IPVA
Justiça

Torcida Raça Rubro-Negra é impedida de frequentar estádios

Descumprimento da decisão poderá levar à multa de R$ 50 mil

10 Dez2018Agência Brasil17h58

Por decisão do juiz Bruno Monteiro Rulière, do Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos do Rio a torcida organizada Raça Rubro-Negra e seus líderes, Alesson Galvão, Ramon dos Santos e Michael Santos, estão impedidos de frequentar eventos esportivos em todo o território nacional. O descumprimento da decisão poderá levar à multa de R$ 50 mil.

A tutela de urgência é baseada em ação civil pública proposta pelo Ministério Público estadual, após episódios de briga e violência envolvendo a torcida nos jogos entre Palmeiras e Flamengo, disputado em outubro, no Maracanã, no Rio, e entre São Paulo e Flamengo, em novembro, no estádio do Morumbi, em São Paulo.

Na sentença, o juiz Bruno Rulière diz que há elementos probatórios suficientes sobre a participação da Raça Rubro-Negra em atos de violência nas duas partidas e que isso, "obviamente, teve sua concretização no comportamento de parte de seus associados e membros".

“Os fatos, inequivocamente, são capazes de expor a um grave risco a ordem pública e, em especial, os demais frequentadores de eventos esportivos, sobretudo os verdadeiros torcedores, que são aqueles que apreciam e apoiam determinada atividade desportiva”, acrescenta o juiz na sentença.

Veja Também

Oficinas de esporte e lazer retornam suas atividades segunda-feira
Campeonato Estadual começa no sábado
Game pantaneiro de Beach Tennis no Belmar Fidalgo
Game Pantaneiro de Beach Tennis movimenta as areias do Belmar Fidalgo
Aquidauanense de 25 anos é bronze no Grand Slam de Jiu-Jitsu
Faltam duas semanas do fim do período de inscrições
Fundesporte apoia mais de 60 representações paradesportivas em 2018
Projeto 'Férias no Parque' começa hoje na Capital
Parques terão programação especial de férias em janeiro
Brasileiro Gabriel Medina é bicampeão mundial