Campo Grande •25 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super banner Governo MS - Semana nacional do trânsito

Da Agência Brasil | Sábado, 19 de Agosto de 2017 - 13h36STJD decide que Palmeiras não terá torcida em sete jogos como visitantePalmeiras já havia sido punido pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) por incidentes semelhantes

(Foto: Marcos Tenório)

As torcidas organizadas do Palmeiras não poderão entrar nos sete próximos jogos que o time fizer como visitante na Série A do Campeonato Brasileiro e nem poderão expor adereços, como bandeiras e escudos, também nas sete próximas partidas da equipe no seu campo, Allianz Parque, na capital paulista.

O Palmeiras é o 4º colocado, com 33 pontos, e joga em casa, neste domingo (20), contra a Chapecoense (17º), com 19 e primeiro clube na zona de rebaixamento. A punição ao clube paulista foi aplicada nesta sexta-feira (18) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devido às brigas entre torcedores palmeirenses e do Sport Recife, próximo à Arena Pernambuco, na noite de 23 de julho, vencida pelo Palmeiras por 2x0.

No julgamento, o Sport foi absolvido, pois o tribunal considerou os torcedores palmeirenses como únicos culpados pelos incidentes, que resultaram na prisão de 54 pessoas. O Palmeiras já havia sido punido pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) por incidentes semelhantes na Copa Libertadores deste ano contra o Peñarol. A pena foi de seis jogos como visitante sem a presença de sua torcida, mas o clube recorreu e conseguiu reduzir a punição para três jogos.

O STJD também suspendeu por nove jogos os atacantes Zé Carlos, do CRB de Alagoas, e Bill, do América Mineiro, que brigaram no campo durante um jogo pela série B, vencido pelo CRB por 2x1, na noite de 4 de agosto, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Bill, de 33 anos, e Zé Carlos, de 34, já jogaram em vários times da Série A e já cumpriram um jogo dos nove da punição, mas os clubes ainda podem recorrer da punição.

Em outra decisão, o STJD suspendeu o zagueiro Rodrigo, da Ponte Preta (ex-Vasco), por um jogo, pelos empurrões que deu no técnico vascaíno Milton Mendes, após o empate de 0x0 entre Ponte e Vasco, pela Série A, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O tribunal desclassificou a denúncia contra o jogador de agressão para atitude contrária à disciplina e à ética. Com a punição, Rodrigo não poderá jogar contra o Botafogo neste domingo (20) pelo campeonato brasileiro.

A 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro começa neste sábado (18), com os jogos Corinthians x Vitória, Flamengo x Atlético GO. O Corinthians defende a liderança, com 47 pontos, e o Vitória está na zona de rebaixamento, em 19º, com 19 pontos. Já o Flamengo está em 7º, com 29 pontos, e o Atlético GO é o 20 e último colocado, com 15 pontos.

No domingo (20), serão realizados os seguintes jogos: Grêmio x Atlético PR; Ponte Preta x Botafogo; Avaí x São Paulo; Cruzeiro x Sport; Bahia x Vasco; Palmeiras x Chapecoense e Coritiba x Santos. Na segunda-feira (21), a rodada será encerrada com o jogo Fluminense x Atlético MG.

Veja Também
Corintians empata no fim e deixa São Paulo em situação delicada
Sábado, 23 de Setembro de 2017 - 12h3525ª rodada do Brasileirão começa neste sábado 23 Partidas iniciam com Flamengo e Avaí
Neymar disputa com Messi e CR7 o prêmio de melhor jogador do Mundo
Corinthians vai até o Morumbi enfrentar o desesperado São Paulo
Fla-Flu vai decidir vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana
Curso oferece aulas gratuitas de defesa pessoal para mulheres
Passeios ciclísticos do Detran estão com inscrições abertas
Confira a noite dos times brasileiros na Libertadores e Sul-americana
Corinthians busca vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana
Afonso Pena será interditada no domingo para corrida Detran-MS
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento