Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Esporte

Sem apoio, capoeirista conquista 3º lugar em Mundial

Colocada à prova, guerreira aceitou o desafio de disputar título com professoras

28 Ago2017Marcos Tenório, em colaboração com o Diário Digital14h30

A capoeirista de Campo Grande Rosangela Silva, de 34 anos, conquistou a terceira colocação no  9º Campeonato Mundial de Capoeira, realizado em Fortaleza, no fim de semana passado. A competidora teve que subir três categorias, pois na sua só havia homens. Assim, ela entrou na disputa pelo título Mundial com as professoras e subiu ao pódio.

Rosângela contou sua história de luta para permanecer no esporte recente entrevista ao Diário Digital (confira na notícia relacionada). Na ocasião, ela estava se preparando para disputar o Mundial e com muitas expectativas em relação à competição.

Colocada à prova, a guerreira que aceitou a desafio de mudar de categoria, tirou de lição do campeonato que precisa treinar cada dia mais para alçar voos maiores. Apesar de todas as dificuldades a capoeirista da Capital conseguiu ficar na terceira colocação.

Rosangela enfrentou algumas dificuldades na competição, a principal delas foi a falta de incentivo da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) e da Fundação Municipal de Esportes (Funesp).

A capoeirista pediu para a mães levar suas filhar para praticar a capoeira, pois é um esporte gratificante, contagiante e vale muito a pena, porque revigora a alma e independente de tudo, de todas a dificuldades, não desanimar.

Veja Também