Menu
23 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Esporte

Rally dos Sertões consagra Jean, Cristian, Beco, Diogo Zonato e Bruno Varela e João Arena

Edição histórica de 25 anos foi concluída neste sábado, em Bonito

27 Ago2017Da redação09h25

Os campeões da histórica edição de 25 anos do Rally dos Sertões foram conhecidos na tarde deste sábado (26), em Bonito (MS). Jean Azevedo (motos), Cristian Baumgart/Beco Andreotti (carros), Bruno Varela/João Arena (UTVs) e Diogo Zonato (quadriciclos) foram os vencedores. Na sétima e última etapa da competição eles saíram de Aquidauana (MS) e chegaram a Bonito (MS).

Jean Azevedo, que já era o maior vencedor do Rally dos Sertões entre as motos, ampliou o número de títulos e agora tem sete. “Foi um rali diferente. Eu comecei com um grande prejuízo logo na primeira etapa, com furo no radiador da moto. Mas não desisti, estava muito bem preparado e consegui vir tirando a diferença a cada etapa, numa disputa muito boa com o Gregorio Caselani, que é um excelente piloto e, com certeza, chegaríamos à última etapa disputando essa liderança. Infelizmente ele teve um problema mecânico (na quinta etapa). De qualquer forma, fechamos em primeiro e segundo e toda a equipe Honda está de parabéns”, disse o piloto, que anteriormente já havia vencido em 1995, 2000, 2002, 2004, 2005 e 2015.

Nos carros, Cristian Baumgart e Beco Andreotti conquistaram o bicampeonato. Eles lideraram de ponta a ponta e na última etapa levaram um susto. “Foi muita emoção. Tinha muita pedra no caminho e furou um pneu. Depois, o motor começou a dar umas falhadinhas”, contou Cristian. “A gente veio controlando desde a quarta etapa, mas essa de hoje vai entrar para a história. A conquista é de todos da equipe”, completou.

Nos UTVs, a disputa foi acirrada e só foi definida no último trecho, quando Bruno Varela e João Arena garantiram o título, com sete minutos de diferença para Lucas Barroso e Breno Rezende, que terminaram em segundo. “Este é um momento muito feliz e histórico. Gostaria de agradecer muito o meu navegador João Arena, que durante todo o percurso ajudou a me controlar”, afirmou Varela.

Nos quadriciclos, Diogo Zonato e George Ximenes iniciaram a última etapa do Rally dos Sertões com uma diferença de pouco mais de 30 segundos. No final, deu Zonato, que quase não acreditou na conquista. “Achei que tinha perdido o título, pois não fui bem na primeira parte da especial. Acelerei muito na segunda metade e quando conclui, fui parabenizar o George Ximenes. Aí fiquei sabendo que eu tinha sido campeão”, contou Diogo.

Veja Também