Campo Grande •17 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do estado - Campanha Transparência Governo

Da Agência Brasil | Sexta, 21 de Julho de 2017 - 12h04Nadadora baiana ganha ouro na maratona aquática em BudapesteEm segundo lugar chegou a holandesa Sharon van Rouwendaal e em terceiro, a italiana Arianna Bridi

A atleta baiana Ana Marcela, de 25 anos, conquistou hoje (21), em Budapeste, capital da Hungria, o primeiro lugar na maratona aquática no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, a mais longa prova de natação do campeonato. Em segundo lugar chegou a holandesa Sharon van Rouwendaal e em terceiro, a italiana Arianna Bridi.

Ana Marcela nadou por mais de cinco horas os 25 quilômetros (km) da prova, no Lago Balton. Ainda no mundial de Budapeste, a campeã subiu ao pódio duas vezes ao receber a medalha de bronze nas provas de 5 km e 10 km. A atleta se preparou durante as últimas oito semanas, ao lado do técnico Fernando Possenti.

De acordo com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, a atleta adotou durante a prova uma estratégia perfeita de poupar energia em todo o percurso. Com a economia de energia, Ana Marcela teve gás suficiente para alcançar o primeiro lugar, após ultrapassar todas as adversárias a poucos metros da chegada.

Nascida em Salvador, Ana Marcela Cunha é filha de atletas – pai nadador e mãe ginasta. Com o título conquistado hoje, ela se torna tricampeã mundial da maratona aquática de 25 km. O primeiro ouro na modalidade foi conquistado em 2011, em Xangai, na China, aos 20 anos. Em 2015, conquistou o bicampeonato na maratona aquática de 25 km, em Kazan, na Rússia. Somadas todas as conquistas da atleta baiana, são 10 medalhas em campeonatos, incluindo as conquistadas em Budapeste e o Mundial específico de Maratonas Aquáticas, em 2010.

Disputam o Mundial de Budapeste 2017 mais de 2 mil atletas de 400 países, nas modalidades natação, polo aquático, maratonas aquáticas (águas abertas), saltos ornamentais, nado sincronizado e high diving (salto de plataforma alta). A delegação brasileira levou 60 atletas.

Veja Também
Confusões na final da Sul-Americana reabrem debate sobre violência nos estádios
Coronel Nunes assume a presidência da CBF interinamente
Beach Tennis solidário reúne 46 duplas na Capital
Projeto de lei valoriza Campeonatos de Futebol de várzea
Aulão de Verão terá ginástica e 10 oficinas de esporte
Quarta, 13 de Dezembro de 2017 - 09h39Flamengo e Independiente decidem Sul-Americana hoje no Rio Partida será transmitida ao vivo por canais de televisão aberta e fechada
9º Circuito de Caminhadas do Servidor acontece neste sábado
Projetos esportivos promovem a saúde e revelam talentos
Bonito recebe etapa do estadual de beach tennis no fim de semana
Final do Motocross Nacional será domingo em Rochedo
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento