Menu
10 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Esporte

Karateca de MS garante vaga na seleção brasileira pelo quinto ano consecutivo

Erick Kenji Medrado Taira venceu a 1ª Seletiva Nacional Júnior no fim de semana

10 Mar2020Da redação14h35

O sul-mato-grossense Erick Kenji Medrado Taira garantiu vaga na seleção brasileira de karatê pelo quinto ano consecutivo, após vencer a 1ª Seletiva Nacional Júnior, realizada pela Confederação Brasileira de Karatê (CBK) em Natal-RN, entre os dias 4 e 8 de março. O carateca é contemplado pelo programa Bolsa Atleta, concedido pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

A delegação verde e amarela competirá o Campeonato Sul-Americano 2020, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, de 20 a 26 de abril. A competição será disputada nas categorias sub-14, cadete, júnior, sub-21 e sênior.

Taira foi campeão da Seletiva no estilo kumite individual, na categoria sub-21, até 84 quilogramas. O atleta de 19 anos deixou para trás os paulistas Guilherme Salgado (2º), Pedro Luiz e João Barbosa (3º). A competição foi organizada no formato “todos contra todos”, entre os quatro participantes.

“Fiz três lutas na seletiva e ganhei todas. Fico muito feliz de ter me classificado de novo à seleção brasileira. Isso demonstra que a dedicação e o esforço diário nos treinamentos têm dado resultado. Agradeço aos meus pais, meu sensei e a todos que torceram por mim nessa conquista”, destaca Taira.

O atleta é treinado por Arani Franco de Jesus, do Rádio Clube Campo Grande, desde criança. O técnico afirma que a presença constante no selecionado tupiniquim é resultado de muito trabalho e confiança durante esses anos. “Conheço muito bem meu atleta, sei o seu potencial. Estar na seleção brasileira de karatê é um sonho realizado”.

O Sul-Americano na Bolívia será o quarto da carreira do carateca de Mato Grosso do Sul. Taira assegurou a medalha de bronze em todas as edições: 2016 em Cartagena das Índias (Colômbia), 2018 em Guayaquil (Equador) e 2019 em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia). No ano passado, o sul-mato-grossense fez sua estreia na classe sub-21.

 

Veja Também

Após apelo, CBF destina R$ 19 milhões a clubes e federações
Exercícios em casa devem ser feitos sob orientação de profissionais
Ex-secretário preso por corrupção vai para prisão domiciliar
Ponta Porã tem comércio liberado
COI anuncia novas datas para Olimpíada e Paralimpíada do Japão em 2021
Atividade física em casa é alivio para quem está na quarentena
Organizadores locais de Tóquio 2020 já avaliam hipótese de adiamento
Quarentena: Funesp cria programa espotivo para fazer em casa
Pesquisa mapeia estilo de vida da população em relação à prática esportiva
Federações estaduais suspendem campeonatos Gaúcho e Paulista