Menu
22 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Esporte

Goleiro condenado por homicídio se compara a Edmundo

Com chegada de Bruno, Boa Esporte perdeu cinco patrocinadores e prefeitura pode romper com o time

14 Mar2017Da redação17h11

Nesta terça-feira (14), o goleiro Bruno foi oficialmente apresentado no Boa Esporte, clube que vai defender esse ano, o atleta espera recomeçar a sua carreira após ficar sete anos preso, acusado de assassinato e ocultação de cadáver da ex-namorada Eliza Samudio.

Em sua apresentação como o novo reforço do Boa Esporte, o goleiro se comparou ao ex-jogador Edmundo e hoje comentarista da Fox Sports, que em 1995 se envolveu em um acidente de trânsito, onde três pessoas acabaram morrendo.

O atleta do Boa Esporte disse em sua entrevista: "Eu pego alguns exemplos que passaram, meu caso não é o único. Assim como tive um colega de trabalho, um colega de profissão, que passou por uma situação como essa a carreira toda, que foi o Edmundo, assim como outros jogadores, cantores e pessoas públicas que passaram, superaram e venceram, assim espero que seja minha trajetória também”.

O jogador que quando estava preso, não deixou de treinar, e teve alguns times interessados em seu trabalho, campeão brasileiro em 2009 com o Flamengo, o goleiro busca um recomeço para a sua carreira, Bruno lamentou o fato de muitas pessoas se afastarem no período em que estava preso, e sabe que vai conviver com a pressão.

Em coletiva na cidade de Varginha-MG, o goleiro falou “Pressão sempre vai existir, se eu não estiver preparado para essa pressão, eu posso levantar daqui e ir embora, mas referente a amizade, hoje eu percebo que não é quantidade, é qualidade. Então esperava o apoio de algumas pessoas que me surpreenderam. Então tudo o que aconteceu me fez perceber quem estava do meu lado e quem não está”.

Veja Também