Menu
25 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Esporte

93 atletas do MS terão Bolsa

Lista com os contemplados já foi divulgada

2 Jan2020Laureano Secundo07h06

Dos 6.248 beneficiados com o Bolsa-atleta federal, que integram os programas olímpico e paralímpico, 93 são de Mato Grosso do Sul. A Secretaria Especial do Esporte, vinculada ao Ministério da Cidadania, publicou  a lista dos contemplados pelo programa Bolsa-Atleta federal, referente ao pleito 2019. O Bolsa-Atleta do governo federal é considerado o maior programa do mundo de patrocínio direto ao atleta. Desde a implantação, em 2005, foram concedidas mais de 69,5 mil bolsas para 27 mil atletas brasileiros. Conforme o governo federal, o valor destinado para a política pública ultrapassa R$ 1,2 bilhão.

Conforme a Secretaria, o investimento total será de R$ 84,2 milhões. Dos selecionados pelo edital nº 2/2019, 4.248 são de modalidades olímpicas e 1.134 de modalidades paralímpicas. Ao todo, são cinco categorias de bolsa: Atleta de Base (R$ 370), Estudantil (R$ 370), Nacional (R$ 925), Internacional (R$ 1.850) e Olímpica/Paralímpica (R$ 3.100). 

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), permite que os beneficiados pela Bolsa-Atleta estadual também recebam auxílio financeiro do programa federal. Os atletas sul-mato-grossenses contemplados com a Bolsa-­Atleta da Secretaria Especial do Esporte podem ser selecionados pelo programa estadual da Fundesporte na categoria Pódio Complementar.

Segundo o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, o objetivo é fazer com que atletas de alto rendimento permaneçam em Mato Grosso do Sul. “Nós estávamos perdendo estes atletas para outros Estados, por uma ajuda de custo muito pequena. Nós ampliamos a Bolsa-Atleta estadual para incentivar nossos atletas a continuarem representando Mato Grosso do Sul e tem dado resultado. É uma forma de valorizarmos nossos atletas de alto rendimento e oportunizar que continuem em seu local de origem”.

Para 2020, o governador Reinaldo Azambuja já anunciou que dobrará o investimento nos programas Bolsa-Atleta e Bolsa-Técnico. De 1,36 milhão, o valor do repasse passará a ser de R$ 2,8 milhões, possibilitando que mais desportistas de destaque continuem a treinar no Estado. “Queremos que eles fiquem em Mato Grosso do Sul, ao lado do técnico formador e do aconchego familiar, e continuem representando nosso Estado no cenário nacional”, finaliza Miranda.

Veja Também

Projeto Futuro Paralímpico retorna com modalidades para atletas e iniciantes
Águia Negra vence o Pontaporanense na primeira partida do Estadual
Estadual de Futebol tem início nesta quarta-feira
Decisão sobre abertura do Morenão sai até sexta-feira
Pista de Atletismo inaugura em fevereiro
Ex-ídolo do Galo é salvo por uruaios
Vistorias garantem segurança do torcedor no Morenão
Judoca de MS conquista ouro no Parapan-Americano para deficientes visuais
Escola da Capital desenvolve vôlei de praia por meio de programa da Fundesporte
Projeto em parque de Campo Grande fomenta as categorias de base do ciclismo