Menu
23 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Paralimpíadas

MS traz 93 medalhas

Delegação ficou em 10º lugar na etapa nacional

25 Nov2019Laureano Secundo08h07

Mato Grosso do Sul fechou a 13ª edição da etapa nacional das Paralimpíadas Escolares com 93 medalhas e na 10ª classificação geral, com 184 pontos. A delegação sul-mato-grossense participou de seis das 12 modalidades da maior competição paradesportiva escolar do mundo, realizada de 19 a 22 de novembro, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo-SP.

Ao todo, mais de 1,2 mil paratletas estiveram na capital paulista. A equipe sul-mato-grossense, composta por 74 paradesportistas e 41 membros do estafe, teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). De acordo com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), todas as unidades da Federação enviaram representantes para o evento.
Confira o desempenho de cada modalidade nas Paraesc 2019:
Atletismo
O atletismo sul-mato-grossense conquistou 51 medalhas (26 ouros, 17 pratas e 8 bronzes) e terminou na sexta colocação geral do quadro de condecorações. Os 28 atletas da modalidade conseguiram colocar Mato Grosso do Sul em quarto lugar por Pontuação Geral Escolar, com 640 pontos. O destaque vai para os 10 recordes escolares batidos pelos paradesportistas do Estado.
Natação
A natação foi a segunda modalidade que mais faturou medalhas na Terra da Garoa. Ao todo, foram 21 medalhas (10 ouros, 8 pratas e 3 bronzes), que colocaram Mato Grosso do Sul na nona colocação entre as unidades federativas.
Na disputa por Pontuação Geral Escolar, a equipe sul-mato-grossense, composta por 13 nadadores, encerrou a competição na 13ª posição, com 162 pontos.
Tênis de mesa
O tênis de mesa finalizou as disputas das Paralimpíadas com 10 medalhas (1 ouro, 5 pratas e 4 bronzes) na bagagem. Mato Grosso do Sul, com oito atletas, ficou com 53 pontos e encerrou a competição na quarta colocação por Pontuação Geral Escolar.
Judô
Os judocas sul-mato-grossenses buscaram seis medalhas (2 ouros, 1 prata e 3 bronzes) nos tatames do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro. O resultado fez com que o Estado terminasse no quinto lugar por Pontuação Geral Escolar, com 34 pontos. No total, cinco atletas levaram o nome de Mato Grosso do Sul nas disputas.
Bocha paralímpica
A bocha paralímpica somou três medalhas (1 ouro, 1 prata e 1 bronze) em São Paulo-SP. Mato Grosso do Sul, representado por sete atletas, encerrou sua participação nas Paraesc 2019 como vice-campeão na classificação por Pontuação Geral Escolar, ao obter 37 pontos. O Distrito Federal, com 57, foi o primeiro colocado e Minas Gerais, somando 26, o terceiro.
Parabadminton
Os atletas sul-mato-grossenses estrearam a todo vapor no parabadminton. A modalidade, originada na Índia e praticada com raquete e birdie (espécie de peteca), foi incluída pela primeira vez nas Paralimpíadas Escolares. Mato Grosso do Sul fechou a competição com duas medalhas (1 ouro e 1 bronze) e 23 pontos, que o colocaram na quarta colocação por Pontuação Geral Escolar. A equipe teve quatro atletas.
A edição 2020 do evento paradesportivo está marcada. As disputas acontecem de 23 a 28 de novembro no mesmo local.

Veja Também

Estadual de Futebol tem início nesta quarta-feira
Decisão sobre abertura do Morenão sai até sexta-feira
Pista de Atletismo inaugura em fevereiro
Ex-ídolo do Galo é salvo por uruaios
Vistorias garantem segurança do torcedor no Morenão
Judoca de MS conquista ouro no Parapan-Americano para deficientes visuais
Escola da Capital desenvolve vôlei de praia por meio de programa da Fundesporte
Projeto em parque de Campo Grande fomenta as categorias de base do ciclismo
De olho nas Paralimpíadas, judoca de MS inicia ano em competição no Canadá
Escola da Capital desenvolve treinamento de vôlei de praia