Menu
22 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Esporte

Decisão sobre abertura do Morenão sai até sexta-feira

Local recebeu melhorias como a implementação de câmeras, troca de guarda-corpos, extintores e outros

22 Jan2020Da redação15h30

A abertura do estádio Morenão, em Campo Grande, deverá ser decidida até sexta-feira, 24 de Janeiro, quando o promotor Luiz Eduardo Lemos vai deliberar sobre o assunto. O estádio é o maior de Mato Grosso do Sul e para receber jogos do Campeonato Estadual de futebol depende da avaliação do Ministério Público.

O Morenão passou por uma série de vistorias resultando em quatro laudos – engenharia, segurança, incêndio e pânico e vigilância sanitária – que foram entregues nesta quarta-feira, 22 de Janeiro, ao promotor.

“A legislação é bem rigorosa e nós primamos pela segurança do torcedor-consumidor. Até sexta-feira é o prazo que eu estimo seja suficiente para análise e deliberação desses laudos”, explicou o promotor.

Para garantir a abertura do estádio com segurança para os torcedores, foram feitas diversas melhorias como o recapeamento do asfalto em frente ao estádio, implementação de um sistema de monitoramento de câmeras, troca de guarda-corpos, extintores, iluminação de emergência, limpeza dos banheiros e vestiário dos atletas e a desocupação da sala dos árbitros, que estava com entulhos.

Caso seja liberado para o Campeonato Estadual, o primeiro jogo no Morenão deverá ser realizado no dia 1º de fevereiro, às 15h, entre Comercial e Águia Negra.

O secretário especial de Gestão Política da Capital, Carlos Alberto de Assis, acompanhou a entrega dos laudos pelos órgãos como Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, todos favoráveis à abertura do estádio para o Campeonato Sul-mato-grossense, ainda que parcialmente.

No caso do documento emitido pelos bombeiros, a indicação é para a abertura para um público de até 13 mil pessoas.

Arena multiúso - Assis lembrou que após a competição, o estádio será reformado e transformado em uma arena multiúso, com investimento do Governo do Estado.

“Essa primeira etapa foi concluída com a entrega dos laudos. O campeonato transcorre normalmente; se Deus quiser, aqui no Morenão. O Ministério Público deve dar esse OK e, a partir disso, a Agesul [Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos], junto com o corpo de engenharia aqui da UFMS [Universidade Federal de Mato Grosso do Sul], vai finalizar o projeto para licitar as obras para a reforma do Morenão para que se torne uma grande praça de eventos, não só para o futebol, mas também com outras atividades”, disse o secretário especial.

 

Veja Também

Nadador de MS disputa competição no Peru com a seleção brasileira
Águia Negra vence e se garante nas quartas de final
Prefeitura inaugura novo palco para ginástica no Parque do Sóter
Torneio em Campo Grande dá início a calendário do judô estadual
Judoca da Capital é convocada pela seleção brasileira para treinamento de campo
Seletiva definirá duplas para representar MS no Circuito Brasileiro Sub-17 de Vôlei de Praia
Adeus mágica no futebol? Árbitro pune Neymar após drible em jogo
Pontaporanense vence a primeira e Águia Negra perde os 100% de aproveitamento
17ª Copa Assomasul terá início em 7 de março
Águia Negra inicia participação nesta quinta-feira na Copa do Brasil