Menu
18 de abril de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Super Banner SEGOV - VALE UNIVERDADE
Campo Grande

Contratada empresa que fará reforma do Guanandizão

Obra é da prefeitura da Capital e o recurso foi repassado ao Município pelo Governo estadual

28 Jan2019Da redação17h33

A prefeitura de Campo Grande publicou nesta segunda-feira (28.1) no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) o extrato do contrato celebrado no último dia 23 para a reforma e adequação do ginásio esportivo. A obra é da prefeitura e o recurso foi repassado ao Município pelo Governo estadual.

O investimento é de R$ 1,881 milhão. O prazo para a empresa Ajota Engenharia e Construção Ltda entregar a obra é de 330 dias (11 meses) a partir da assinatura da Ordem de Execução de Serviços, mas o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, diz que o objetivo é antecipar para agosto, mês do aniversário de Campo Grande.

Ele afirmou que a ordem de início de serviço poderá ser assinada ainda nesta semana, possivelmente na quinta-feira (31.1), no lançamento do Calendário Esportivo. A partir daí a obra tem início.

Entre as melhorias no ginásio poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão, estão adaptações para garantir acessibilidade e a segurança exigida pelo Corpo de Bombeiros Militar. “São adequações importantes para que o ginásio possa voltar a receber grandes eventos”, afirma Rudi Fiorese.

O ginásio está interditado há 5 anos. Em 2013, o Corpo de Bombeiros Militar precisou fechar o prédio por conta de falhas na estrutura hidráulica. Localizado na avenida Ernesto Geisel, na Vila Nhanhá, o ginásio foi palco da partida Brasil X Portugal pela Liga Mundial de Vôlei, em 2004; e do show do cantor Roberto Carlos, em 2013 – o último evento realizado antes da interdição.

Economia - Segundo o diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), Marcelo Ferreira Miranda, a revitalização é um grande anseio dos desportistas do Estado.

Orçada inicialmente em R$ 2,387 milhões, a reforma e adequação foi licitada por R$ 1,881 milhão – uma economia superior a meio milhão de reais. A revitalização será total, incluindo a recuperação da parte hidráulica, parte elétrica, arquibancada, vestiários, alojamentos, banheiros, cobertura, pintura e reurbanização da área externa do complexo esportivo. A capacidade de público, que é 8.240 pessoas, não será alterada.

Veja Também

Próximo final de semana tem competição
Atletas conquistam medalhas em Competição Nacional
Pelé recebe alta após retirada de cálculo renal em hospital de SP
Funesp inicia inscrições para 41º edição dos Jogos Abertos
Exames detectam cálculo em ureter esquerdo de Pelé
Pelé é internado em São Paulo com infecção urinária
Confira programação completa da Copa Truck
Copa de futebol amador arrecada três toneladas de alimentos
Mesatenista desafia clientes em supermercado
Mãe pede apoio para filho participar de competição