Menu
9 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Ciclismo

Ciclista de Chapadão do Sul vai ao pódio duas vezes em competição nacional

Kawãh David levou prata e bronze na 14ª Volta Ciclista do Futuro em São Carlos (SP)

25 Fev2020Da redação10h35

O ciclista Kawãh David começou o ano mostrando a que veio. Beneficiário do programa Bolsa-Atleta, concedido pelo Governo do Estado via Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), o atleta de Chapadão do Sul obteve uma medalha de prata e uma de bronze na 14ª Volta Ciclística do Futuro. O tradicional evento do ciclismo brasileiro foi realizado no Parque Eco-Esportivo Damha, em São Carlos-SP, entre sábado (22) e segunda-feira (24).

Conforme a Federação Paulista de Ciclismo (FPC), mais de 400 ciclistas tiveram de pedalar forte em quatro etapas, em plena folia de carnaval, com provas de resistência e contrarrelógio individual. Considerado um dos melhores do calendário a nível Brasil, o torneio contou pontos para o ranking nacional.

Pela categoria juvenil masculino (15 a 16 anos), o sul-chapadense foi vice-campeão na prova de contrarrelógio individual (velocidade), terminando com a marca de 14min42s495, em circuito de 5,26 quilômetros (duas voltas). Já o bronze veio na prova de resistência, denominada Circuito “Chibarro”, com percurso de 8,58 quilômetros (cinco voltas). O sul-mato-grossense, representando a Chapadão Bike Team, fechou a disputa com o tempo de 1h08min49s. As duas medalhas garantiram Kawãh na quarta colocação geral de sua categoria, que teve a participação de 34 competidores.

“Fomos a São Carlos visando conhecer os atletas que irão concorrer no Campeonato Brasileiro em julho. Foi uma boa experiência, ele nunca havia participado deste estilo de prova, sendo três dias de competição com quatro provas. Foi bem interessante, por ser um circuito bem ‘pesado’, que exigiu muito de todos os atletas. Acredito que entre 10 e 12 atletas irão decidir o título brasileiro neste ano”, avalia o pai do atleta, Octavio David.

A próxima parada do jovem de 15 anos será o Grande Prêmio (GP) Curitiba de Ciclismo, agendado para 22 de março e que também é válido para o ranking nacional. “Queremos fazer com que o Kawah comece a pegar um ritmo diferente de prova para chegar em julho com uma performance mais alta”, ressalta Octavio.

De 22 a 26 de janeiro, o ciclista de Chapadão do Sul passou por período de treinamentos promovido pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), o “Training Camp 2019 Ciclismo de Estrada”, em Rio Claro-SP. O estágio da entidade objetivou identificar talentos para o ciclismo, fomentar e desenvolver as categorias de base, proporcionando treinamentos técnicos e táticos da modalidade de estrada.

Segundo o pai, após a experiência ao lado de técnicos e especialistas da CBC, o atleta passou a focar mais em seus treinamentos, ganhou uma “injeção de ânimo”. “Ele está fazendo treinos mais longos e fortes agora. Em termos de mentalidade, percebi também que houve um amadurecimento durante este período, principalmente com relação à alimentação, descanso e rotina de atividades na academia. Foi uma ‘injeção’ de ânimo para o resto da temporada”.

 

 

Veja Também

Após apelo, CBF destina R$ 19 milhões a clubes e federações
Exercícios em casa devem ser feitos sob orientação de profissionais
Ex-secretário preso por corrupção vai para prisão domiciliar
Ponta Porã tem comércio liberado
COI anuncia novas datas para Olimpíada e Paralimpíada do Japão em 2021
Atividade física em casa é alivio para quem está na quarentena
Organizadores locais de Tóquio 2020 já avaliam hipótese de adiamento
Quarentena: Funesp cria programa espotivo para fazer em casa
Pesquisa mapeia estilo de vida da população em relação à prática esportiva
Federações estaduais suspendem campeonatos Gaúcho e Paulista