Campo Grande •21 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner SEGOV - Mesmo na crise Obras

Da Agência Brasil | Sábado, 22 de Julho de 2017 - 15h00Brasil já tem seis ouros no Mundial de Atletismo ParalímpicoCom as 17 conquistadas até o momento, o Brasil está em sétimo lugar no quadro geral de medalhas

Atleta Mateus Evangelista ganha medalha de prata no salto em distância T37, sua terceira no Mundial de Atletismo Paralímpico em Londres
Atleta Mateus Evangelista ganha medalha de prata no salto em distância T37, sua terceira no Mundial de Atletismo Paralímpico em Londres (Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CPB)

O Brasil já conquistou seis medalhas de ouro, seis de prata e cinco de bronze, num total de 17, no Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico, que está sendo disputado em Londres. Nesta sexta-feira, Mateus Evangelista obteve prata no salto em distância para atletas da classe T37 (paralisados cerebrais), a terceira obtida por ele, depois do ouro nos 100 metros (m) e prata nos 200 m.

Com as 17 conquistadas até o momento, o Brasil está em sétimo lugar no quadro geral de medalhas. A China lidera com 54 (22/16/16), seguida por Estados Unidos, com 42 (15/15/12) e Reino Unido, com 30 (14/3/13). O mundial termina neste domingo (23).

O rondoniense Mateus conquistou a medalha de prata com ao saltar 6,10 m, em sua quarta tentativa. O ouro ficou com o chinês Guangxu Shang, que também derrotou Mateus no salto em distância nos Jogos do Rio 2016, com 6,58 m, recorde da competição. O bronze em Londres foi para o ucraniano Vladyslav Zahrebelnyi, com 5,95m. 

Outro brasileiro que subiu ao pódio foi o acreano Edson Pinheiro, medalha de bronze nos 100 m da T38, também para paralisados cerebrais, com o tempo de 11s30, atrás do australiano Evan O’'Hanlon, vencedor da prova, com 11s07 – mesmo tempo do chinês Jianwen Wu, atual campeão paralímpico, que ficou com o segundo lugar. Edson repetiu o resultado dos Jogos do Rio 2016, quando também foi superado por O’'Hanlon e Wu.

Petrúcio Ferreira (22s17) e Yohansson Nascimento (22s43) estão classificados para a final dos 200 m T47 (amputados de braço), com o primeiro e o terceiro melhores tempos, respectivamente. A final será disputada neste sábado (22) às 15h40 (de Brasília). Os dois atletas brasileiros já conquistaram medalhas de ouro e prata em Londres, respectivamente, nos 100 m da mesma classe.

Em Londres, cerca de 1.300 atletas de 100 países disputam as 213 medalhas da oitava edição do Mundial de Atletismo Paralímpico, todas no Estádio Olímpico. Em 2015, em Doha, no Catar, o Brasil ficou com a sétima colocação no quadro geral de medalhas do evento: oito medalhas de ouro, 14 de prata e mais 13 de bronze.

*Com informações da Assessoria de Imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Veja Também
Escola pública de futebol é implantada em Rochedinho
Dois mil alunos disputam Jogos da Reme em Corumbá
STJD decide que Palmeiras não terá torcida em sete jogos como visitante
Evento da Pantanal Paraquedismo tem nova data
Corinthians entra em campo neste sábado
Dois jogos movimentaram a semifinal da Copa do Brasil
Neymar e Marcelo indicados ao prêmio de melhor do mundo da Fifa
Anteprojeto da lei do sistema de esporte será aberto à consulta
Clássico carioca movimenta Copa do Brasil
Maiores campeões da Copa do Brasil duelam nesta noite
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento