Menu
23 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Esporte

Acordo libera Morenão para Campeonato Estadual

Pelo acordo, serão liberados 10 mil lugares, a mesma capacidade do ano passado

16 Jan2018Da redação14h35
(Foto: André Bittar/Diário Digital)
  • Termo foi assinado pelo Reitor da UFMS, professor Marcelo Turine, e pelo presidente da FFMS, Francisco Cezário de Oliveira
  • (Foto: André Bittar/Diário Digital)

Um acordo de cooperação celebrado entre a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) garantiu a liberação do Estádio Pedro Pedrossian para realização do Campeonato Sul–Mato–Grossense de Futebol. Serão liberados 10 mil lugares, a mesma capacidade do ano passado.

Para esta quarta-feira, 17 de janeiro, está prevista uma partida entre União ABC e Operário pelo Campeonato Estadual no Morenão. Na quinta-feira, 18, jogam no Estádio Comercial e Costa Rica. Ambas partidas começam às 20h10.

O termo assinado pelo Reitor da UFMS, professor Marcelo Turine, e pelo presidente da FFMS, Francisco Cezário de Oliveira, garante a manutenção do Morenão, adequando sua estrutura, para atender aos requisitos técnicos da Portaria Nº 290/2015 do Ministério dos Esportes e as exigências do 1º Grupamento/CBM/MS e demais autoridades públicas.

De acordo com o Reitor, o Morenão é um patrimônio cultural e esportivo da sociedade sul-mato-grossense que, com a parceria da FFMS, pode ser reaberto para receber as famílias.

“Nossa parceria com FFMS é muito importante porque permite a liberação do Estádio para uso. Sem o acordo, a UFMS, em vista da diminuição de recursos, não seria capaz de assegurar plenamente a manutenção desse grande equipamento esportivo. Portanto, o Acordo de Cooperação firma uma gestão compartilhada que novamente proporcionará a abertura do Estádio ao público”, comentou Turine.

O presidente da FFMS também frisou a importância da parceria com a UFMS e explicou que o Acordo assegura a manutenção das obras que foram feitas para realização do Campeonato do ano passado, “faremos a manutenção daquilo que foi utilizado no Campeonato de 2017 e se deteriorou com o uso ou tempo.  Manutenção na parte elétrica, na estrutura, nas placas de sinalização”, pontou Cesário.

Veja Também