Campo Grande •17 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner FM Cidade

Larissa Mendes, especial para o Diário Digital. | Quinta, 27 de Outubro de 2016 - 10h36Grupo de Curitiba traz música medieval para Campo Grande e BonitoGaita de fole, alaúde, saltério de arco, kantele, percussão e canto antigo chamam atenção do público por não serem usados nos praticas musicais da atualidade

O Illvminata busca resgatar essa prática de repertório, promovendo o entrosamento entre músicos profissionais e amadores.
O Illvminata busca resgatar essa prática de repertório, promovendo o entrosamento entre músicos profissionais e amadores. (Foto: Divulgação)

No segundo dia de apresentações do Encontro com a Música Clássica, realizado pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria Estadual de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação e Fundação Estadual de Cultura em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, uma das atrações é o grupo Illvminata, de Curitiba (PR). 

De acordo com a mezzo-soprano, Daniele Oliveira, diretora do grupo, a prática da música medieval ou música antiga nos dias atuais gera um rico processo de aprendizagem, pois aborda técnicas, instrumentos e repertórios que não costumam ser empregados com tanta frequência e por estar tão distante das práticas musicais atuais, e com poucos grupos dedicando-se a ela, traz consigo a possibilidade dos músicos pesquisarem manuscritos das partituras e textos sobre as maneiras de se tocar. Dessa forma, as possibilidades de interpretação são uma grande marca da música antiga.   

O Illvminata busca resgatar essa prática de repertório, promovendo o entrosamento entre músicos profissionais e amadores, além de combinar suas experiências musicais, assim como de pesquisa. Músicos experientes como Thomas Jucksh (Camerata Antiqua de Curitiba), Carlos Simas (Gaiteiros de Lume/Thunder Kelt/Clan McNorse) e Mateus Sokolowski (Mandala Folk) formam o Illvminata. 

Instrumentos antigos também chamam a atenção do público por sua sonoridade e forma não conhecidas, dentre eles estão a viola da gamba, gaita de foles, harpas, flautas, alaúde, saltério de arco e kantele. 

Nessa mesma noite também se apresenta a Camerata do Viver Bem – do Grupo de Incentivo à Cidadania Viver Bem e Jardel Vinicius Tartati, com o Show Fronteiras.  

Serviço: O Illvminata se apresenta no dia 27 de outubro em Campo Grande, às 20 horas, no Teatro Glauce Rocha e no dia 28, às 19h30, em Bonito, na Paróquia São Pedro Apóstolo, rua Cel. Nelson Felício, 767 – Centro. Entrada Gratuita. 

Veja Também
Marina Peralta e Gideão dias fazem show gratuito no projeto estação cultura
Sesc Morada dos Baís terá semana de jazz, pop e samba
Dia das Crianças é celebrado no Hospital Regional de Ponta Porã com festa de “Super-heróis”
MS tem opções de lazer e turismo para todos os gostos neste feriado
Mato Grosso do Sul apresenta destinos turísticos na Casa Itinerante Brasil Central
3º Festival da Arara vermelha e observação de Aves em Jardim
Governo comemora 40 anos de MS com shows de Alceu Valença e Almir Sater
Cultura pantaneira é celebrada na Morada dos Baís
SuperAR Turma da Mônica desembarca no Shopping Campo Grande
Cãominhada atrai centenas de pessoas nesta manhã
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento