Menu
7 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Show

Cantor Edir Valu, é atração no sábado de Carnaval do Cordão

Cantor do estilo, há 40 anos, pai da líder do Cordão, Silvana Valu, vai interpretar os grandes clássicos

13 Fev2020Da redação08h22

Com 40 anos de carreira, cantando samba na noite de Campo Grande, Edir Valu, será o único representante do universo masculino, no Carnaval do Cordão Valu, na Esplanada Ferroviária. É que, na Folia de Momo deste ano, o Cordão estará homenageando as mulheres. E nos shows das duas festas oficiais do Valu, no sábado, 22, e na terça-feira, 25, a maioria dos interpretes, é formada por mulheres.

Edir explica a situação. “Além de ser pai da Silvana Valu (líder do Cordão), eu também sou um dos fundadores do grupo, e canto no Cordão, desde que ele foi criado, há 14 anos. Sou uma espécie de voz do Cordão Valu. Por isso, a Silvava sempre reserva um espaço pra mim, no carnaval”. Neste ano, Edir vai cantar no sábado de Folia, na abertura do show.

Mas dessa vez o cantor, em sua apresentação, não estará na companhia dos colegas do Valu Samba Trio, grupo que está junto há seis anos. Edir terá na retaguarda, a Banda do Cordão Valu, formada especialmente para acompanhar os artistas escalados para os espetáculos das duas noites, no Carnaval do Cordão.     

“Ao contrário, de que quando canto com o Valu Samba Trio, em que costumo conversar com a plateia, nesse show, minha preocupação será mostrar a melhor técnica de canto, para que o público, que deverá ser enorme, ouça e entenda bem o que estarei cantando e, com isso, prender a atenção das pessoas”, explica o artista.

Edir faz questão de se auto definir como interprete de samba raiz, “os das antigas”, como diz. Pela sua voz, desfilam grandes clássicos do samba e da MPB, dos mestres compositores, e de cantores e cantoras renomados. Em sua apresentação, no dia 22, Edir Valu irá interpretar canções de Jair Rodrigues, Alcione, Zeca Pagodinho, Elis Regina, Benito de Paula, Clara Nunes, e Jorge Bem Jor, entre outros. Ou seja, a fina flor da Música Popular Brasileira.

 

Veja Também