Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Há vagas

Turismo emprega mais

Fecomércio divulga pesquisa sobreempregabilidade

14 Jun2018Laureano Secundo12h05

Pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio MS (IPF MS) mostra que o setor de turismo em 2018 está em um processo de recuperação nas gerações de empregos. Essa recuperação pode ser observada no primeiro quadrimestre do ano, quando registrou-se um saldo de 466 novos postos de trabalho e com isso um crescimento de 50,44% na comparação ao mesmo período do ano passado. Os principais setores que contribuíram para o resultado foram a agências de viagens, transporte rodoviário, locadoras de veículos, hospedagem e alimentação. O setor de hospedagem e alimentação ganhou maior destaque porque é responsável por 69,93% do total de empregos gerados pelo turismo e apresentou também o maior saldo de empregos deste ano.

“Trata-se de uma tímida melhora, mas que já reflete um discreto aumento da procura por atividades turísticas do Estado”, explica o presidente do Sistema Fecomércio MS, Edison Araújo. Segundo a economista do IPF MS, Daniela Dias, tem-se que o mês de abril superou os demais meses no número no total de ocupações (gráfico 2) e que o mês de janeiro registrou o maior saldo de empregos do ano (gráfico 1). "Já estamos presenciando uma pequena reação desse segmento, mas ainda são números aquém do necessário para a recuperação plena das atividades do turismo", explica.

 

Veja Também

Economia Copom inicia hoje reunião para definir taxa Selic Meta de inflação, que é de 4,5% neste ano, com limite inferior de 3% e superior de 6%
MS bate recorde na contratação do FCO em cinco meses em 2018
Confederação prevê nas vendas do setor de serviços em 2018
Copa do Mundo pode movimentar mais de R$ 20 bilhões
Exportações de MS crescem 45%
Caixa divulga novo calendário de pagamento do PIS
Empresários têm até dia 15 para se inscrever em caravana à feira de alimentação
Copa deve injetar R$ 17 milhões no comércio
Procon-MS divulga pesquisa de preços dos combustíveis
MS tem melhor maio em três anos