Campo Grande •28 de Maio de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Quarta, 10 de Maio de 2017 - 18h19Trabalhadores da construção pesada avaliam proposta de reajusteReivindicação do sindicato é de aumento de 10%; patrões oferecem 3%

(Foto: Divulgação)

A diretoria do Sinticop-MS (Sindicato dos Trabalhadores na Construção Pesada de Mato Grosso do Sul) teve a primeira reunião esta semana com o Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil) sobre o dissídio da categoria. Os patrões ofereceram 3%. “Este índice não repõe nem mesmo a inflação do período, mas vamos levar a proposta ao conhecimento dos trabalhadores”, afirma Walter Vieira dos Santos, presidente do Sinticop.

A reivindicação do sindicato é por um reajuste de 10% nos salários para que o trabalhador tenha ganho real. Outras reivindicações são PLR (Participação nos Lucros e Resultados); assistência médica; cesta básica no valor de R$ 250,00; e horas in itinere - que é a computação do tempo durante o deslocamento de ida e volta ao trabalho quando o percurso não é servido por transporte coletivo.

“Já fechamos acordo direto com algumas empresas que atenderam a maior parte das nossas reivindicações, por isso tudo indica que os trabalhadores vão esperar uma proposta melhor do Sinduscon”,  explica o presidente do Sinticop.

O Sinticop representa cerca de 5 mil profissionais no estado que trabalham em obras de infraestrutura.

Veja Também
Missão Food Brasil
Caiu o consumo de carne
Contas de luz de junho terão bandeira verde, sem acréscimo na tarifa
Troca de experiências e negócios em cafeteria
Feira de imóveis é oportunidade de comprar casa própria a partir de R$ 100 mil
CDL-CG e Sebrae realizam Missão Food Brasil
Quinta, 25 de Maio de 2017 - 13h07Taxa de juros do rotativo do cartão de crédito cai para 422,5% ao ano Queda em relação a março, foi de 67,8 pontos percentuais
Quinta, 25 de Maio de 2017 - 10h30Confiança do Comércio recua em maio depois de cinco altas consecutivas Resultado ocorre após cinco altas consecutivas, período em que indicador acumulou crescimento de 11,1 pontos
Quarta, 24 de Maio de 2017 - 12h25Lucro da Caixa cresce 81,8% no primeiro trimestre deste ano Ao final de março, a Caixa possuía R$ 2,2 trilhões em ativos administrados
Conta de luz pressiona inflação, diz FGV
Vídeos
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento