Campo Grande •25 de Fevereiro de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da Agência Brasil | Sexta, 6 de Janeiro de 2017 - 10h15Tesouro fixa regras para contratação de operações de crédito por estadosProcedimentos serão discriminados no Manual para Instrução de Pleitos

A Secretaria do Tesouro Nacional definiu regras para contratação de operações de crédito por estados e municípios. A Portaria nº 9, publicada hoje (6) no Diário Oficial da União, regulamenta os procedimentos e competências do Tesouro Nacional para verificação do cumprimento de limites e condições para a contratação de operações de crédito externo ou interno e para a concessão de garantias pelos estados, Distrito Federal e municípios.

Segundo a portaria, a medida considera a necessidade de “garantir a segurança, a racionalidade, a tempestividade, a transparência e o controle no processo de verificação de limites e condições para a contratação de operações de crédito, para a concessão de garantia”.

Os procedimentos de instrução dos pedidos de verificação de limites e condições para contratação de crédito serão discriminados no Manual para Instrução de Pleitos (MIP), editado e atualizado periodicamente pela Secretaria do Tesouro Nacional. O MIP será disponibilizado na internet.

Verificação de limites

A portaria estabelece, ainda, que o envio de pedidos de verificação de limites e condições e de documentos será feito por meio do Sistema de Análise da Dívida Pública, Operações de Crédito e Garantias da União, Estados e Municípios (Sadipem).

A análise dos pedidos de verificação de limites e condições será feita no prazo de 10 dias úteis. Caso os documentos ou informações sejam considerados insuficientes ou inadequados para a análise, será solicitada a complementação. Se as exigências para adequação não forem atendidas em até 60 dias o pedido será arquivado.

Se forem constatadas irregularidades, a unidade da Federação terá 60 dias para contestação, podendo o prazo ser estendido por igual período. Se a conclusão da análise for de operação irregular, o Senado Federal, a unidade da Federação, o Poder Legislativo local e o Tribunal de Contas serão comunicados.

A portaria também estabelece que a Secretaria do Tesouro Nacional estará impedida de concluir análise de outros pedidos de verificação de limites e condições da unidade da Federação, enquanto a irregularidade estiver pendente.

Veja Também
Ligar de telefone fixo para celular está mais barato
Conta de luz terá extra de R$ 2 a cada 100 kWh em março
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017 - 12h40Desemprego fecha 2016 com taxa média de subutilização de 20,9%, diz IBGE Ela agrega a taxa de desocupação, de subocupação por insuficiência de horas e a da força de trabalho potencial
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017 - 10h37IPC-S apresenta variação de 0,4% na última semana Quatro das oito classes de despesa que compõem o índice tiveram queda
Cresce a confiança do empresário
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017 - 07h36Receita Federal libera hoje programa da declaração de Imposto de Renda Depois desse prazo, o contribuinte estará sujeito a multa de 1% ao mês sobre o imposto devido
Divulgado valor da Uferms para os meses de março e abril
Secretário promete homologação de concurso da Agepen em breve
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017 - 10h18Estados e municípios recebem nesta quarta-feira recursos do Fundeb Do total de R$ 918,97 milhões repassados, R$ 91,89 milhões devem ser destinados à complementação do pagamento do piso do...
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017 - 09h41Programa para fazer declaração do IR estará disponível nesta quinta-feira Declarações devem ser apresentadas entre o dia 2 de março e 28 de abril, pela internet
square noticias uci
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento