Menu
21 de setembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Economia

Saques do FGTS serão limitados a R$ 500

O anúncio oficial será esta tarde no Palácio do Planalto

24 Jul2019Agência Brasil14h31

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse hoje (24), que a liberação dos saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) será limitado a R$ 500 neste ano. O anúncio oficial será esta tarde, em cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o ministro adiantou que o período de saque autorizado será de agosto deste ano a março do ano que vem. “Será uma coisa opcional. O trabalhador tem toda a liberdade de usar esse recurso ou não”.

[O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala durante entrevista coletiva após cerimônia alusiva aos 200 dias de governo.]

Segundo Onyx, a partir do ano que vem será permitido sacar um percentual sobre o valor na conta, que deverá ser maior para quem tem menos dinheiro na conta do FGTS. Esse percentual será detalhado no evento de hoje à tarde.

O ministro reiterou que a medida vai injetar na economia mais de R$ 30 bilhões este ano e mais R$ 10 bilhões no ano que vem.

Veja Também

Frigorífico será reaberto e vai gerar até 460 empregos
Nova indústria de Três Lagoas é a primeira a beneficiar fibra curta de celulose
Conselho do FCO aprova R$ 335 milhões a mais para empreendedores de MS
Pagar conta e reformar imóvel será destino de dinheiro do FGTS em MS
MS lidera produção de eucalitpo
Pioneiros e Coronel Antonino recebem orientações gratuitas sobre empreendedorismo
BID quer firmar novas parcerias com o Estado
Arábia Saudita vai comprar mais produtos agrícolas do Brasil
Presidente da Fecomércio MS palestra no Café com Negócios
Receita libera 4º lote