Menu
17 de junho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Economia

Salário mínimo poderá ser de R$ 1.040 em 2020

Valor proposto pelo governo federal representa alta de 4,2% em relação ao atual de R$ 998

15 Abr2019Agência Brasil16h11

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.040 para 2020, o que representa alta de 4,2% em relação ao atual (R$ 998). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado hoje (15) pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

Até este ano, o mínimo era corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores. Como a lei que definia a fórmula deixará de vigorar em 2020, o governo optou por reajustar o mínimo apenas pela inflação estimada para o INPC.

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Pela legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta. O valor do salário mínimo pode subir ou cair em relação à proposta original durante a tramitação do Orçamento, caso as expectativas de inflação mudem nos próximos meses.

Veja Também

Mercado financeiro espera por cortes na Selic a partir de setembro
Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões em prêmio principal
Presidente do BNDES está com 'cabeça a prêmio', diz Bolsonaro
Artesãs revelam talentos em feira mensal
Cai liminar que impedia venda da fábrica da Petrobras em MS
Governador abre a 9ª Feira de Calçados
China retoma importações de carne bovina do Brasil
Na Capital, 195 mil contribuintes estão devendo impostos
Caixa Econômica devolve R$ 3 bilhões ao Tesouro Nacional
Comércio da Capital pode abrir nos dois feriados