Campo Grande •23 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do Estado - Campanha Mudança - Educação

Laureano Secundo | Sábado, 2 de Setembro de 2017 - 07h08Colheita termina na próxima semanaProdução teve crescimento de 50% em relação ao ano passado

Colhieta da segunda safra de milho já está na fase final
Colhieta da segunda safra de milho já está na fase final (Foto: Divulgação)

A colheita de milho 2ª safra 2016/2017 deve ser concluída na próxima semana. O trabalho das máquinas evoluiu 7,1% na última semana e fazendo com que a porcentagem colhida chegasse a 86,3% no estado. Os dados são do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), ferramenta criada e mantida pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul). Entre os dias 18 e 25 de agosto, 126.250 hectares foram colhidos em Mato Grosso do Sul, média 3,6% superior em relação à safra 2015/2016 para a data de 25 de agosto. Com isso, a região norte está mais próxima do fim da colheita, com 97% de área concluída. A região sul tem 86,3% da área colhida e, a região centro, 78,8%.

Na comparação com os dados da safra 2015/2016, estima-se até o momento aumento de 3,4% de área plantada no Estado, passando de 1,74 milhões de hectares para 1,80 milhões de hectares. Com disso, projeta-se acréscimo de 50,5% em relação à produção do grão (de 6,098 milhões de toneladas na safra 2015/2016 para 9,180 milhões de toneladas na safra 2016/2017) e acréscimo de 45,5% de produtividade, com valor de 85 sc/ha na safra atual.

Ao mesmo tempo em que os trabalhos de campo estão na fase final, o preço médio da saca do milho em Mato Grosso do Sul registra forte alta. É o que consta no Boletim Agrícola divulgado pelo Departamento de Economia do Sistema Famasul – Federação de Agricultura e Pecuária de MS. A cotação média da saca encerrou o período 01 e 28 de agosto em R$ 17,44, verificando avanço de 9,84%. Entre as praças pesquisadas, o destaque ficou por conta de Caarapó, com alta de 12,5%, onde a saca registrou R$ 18.

De acordo com o economista Luiz Gama, do Sistema Famasul, dentre os fatores que justificam essa valorização se destaca a demanda internacional aquecida. “A expectativa de aumento nas exportações de milho até o final de agosto é muito boa. Soma-se a isso as recentes altas do dólar, que avançou 2,6% na primeira quinzena deste mês, e o produtor que, por enquanto, não tem marcado presença no mercado em função do baixo preço pago pela saca”, esclarece.

O Estado comercializou antecipadamente até o início desta semana, 43,5% da 2ª safra de milho 2017. Outra boa notícia é que, apesar de algumas precipitações significativas em várias regiões, o clima tem colaborado para a evolução da colheita em todo estado. Conforme o último levantamento do Siga/MS – Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio, 79,2% da área de milho já foi colhida. A previsão para o ciclo 2016/2017 é de 9,2 milhões de toneladas, com produtividade média estimada em 85 sacas por hectare.

 

Veja Também
Postos de combustíveis são autuados por irregularidades na exposição de preços
Rombo da Previdência sobe para R$ 268,79 bilhões e atinge novo recorde
Devolução da taxa do lixo poderá ser solicitada a partir do dia 6
Saiba o que considerar antes de abrir um negócio
Feira  quer movimentar R$ 14 milhões
Domingo, 21 de Janeiro de 2018 - 07h00Ceará é líder em faturamento entre estados exportadores de crustáceos e peixes Em volume exportado, o Ceará ficou na terceira posição, com 4,8 mil toneladas
Sábado, 20 de Janeiro de 2018 - 17h38Sucessão familiar na Agropecuária Mais de 260 pessoas participam do Encontro Jovens do setor rural
Sábado, 20 de Janeiro de 2018 - 15h23MS teve pior ano para fechamento de empresas Quase 3.000 empresas encerraram suas atividades em 2017
Gás de cozinha mais barato
Colheita da soja começa em fevereiro
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento