Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Interior

Procon realiza pesquisa de material escolar em Três Lagoas

Pesquisa foi feita em seis estabelecimentos comerciais da cidade consultou 52 itens

12 Jan2017Da redação18h21

Todo inicio de ano a preocupação com a compra de material escolar é um grande desafio para os pais de alunos. A fim de facilitar a vida dos consumidores, o Procon/TL (Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Três Lagoas) realizou do dia 4 à 10 de janeiro desse ano uma pesquisa pra levantar o preço dos principais itens do material escolar (Clique aqui para baixar pesquisa no site da prefeitura).

O consumidor poderá encontrar grandes diferenças na compra de alguns materiais. Um dicionário de língua portuguesa, por exemplo, que pode ser encontrado por R$ 4,50, chega a custar R$ 50,00 em outra loja, 1111% mais caro.

Uma caixa de lápis de cor, com 12 unidades, pode custar de R$ 4,90 à R$ 8,90, dependendo da loja. A pesquisa feita em seis lojas do ramo, com base nos produtos mais baratos independentes de marca ou qualidade.  

Proximidade com a população - O prefeito Angelo Guerreiro tem proposto uma maior proximidade entre o serviço público e a população. Desta forma, o Procon, a exemplo de outros setores, trabalha uma postura mais participativa entre a sociedade.

No próximo sábado (14) servidores do Procon estarão na feira-livre oferecendo orientações a população e distribuindo materiais informativos como o CDC (Código de Defesa do Consumidor) de bolso.

(Com informações da assessoria de imprensa da prefeitura)

Veja Também