Menu
19 de março de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega banner segov dengue
Economia

Preço do material escolar varia até 914% na Capital

Levantamento foi realizado por técnicos da superintendência entre os dias 02 e 08 em 11 estabelecimentos

9 Jan2019Da redação15h15

Pais devem ficar atentos na hora da compra do material escolar, pois os preços neste ano registraram variação de até 914,49% em Campo Grande. Os dados são de pesquisa divulgada hoje pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), do Governo do Estado, para auxiliar os consumidores.

Entre os dias 02 e 08 de janeiro, técnicos da superintendência estadual percorreram 11 estabelecimentos comerciais na Capital verificando os preços de itens básicos das listas solicitadas pelas escolas. A maior variação encontrada foi em um minidicionário com 352 páginas que está sendo comercializado de R$ 2,76 a R$ 28,00.

Em segundo lugar, o item com maior disparidade de preço foi o esquadro com diferença de preços de 878,26%, sendo encontrado para venda de R$ 0,46 a R$ 4,50. Itens como apontador de plástico simples e lapiseira apresentaram variação de 660% e 491,74%, respectivamente.

 “Como a variação apontada foi muito alta, comparar os preços é fundamental para o consumidor conseguir economizar trazendo economia para esse momento tão difícil e de tantas despesas que é o início do ano. Essa pesquisa é mais um serviço do Governo do Estado que ajuda a encontrar a opção de compra mais barata”, avalia o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão.

Ele destaca, contudo, que preço é importante, mas não o único fator a ser avaliado na hora da compra. “A decisão deve levar em conta também a qualidade do produto, se está apto a ser usado, se tem procedência, tudo isso deve ser analisado”, ressaltou Salomão.

Aumento nos preços - Neste ano, a equipe do Procon Estadual pesquisou 249 itens de material escolar em 11 estabelecimentos comerciais especializados. Segundo o Procon, foi registrado aumento de 8,26% no preço do material escolar em relação ao ano passado. Em 2019, o preço médio dos produtos pesquisados ficou em R$ 9,30. Em 2018, havia sido de R$ 8,59.

Os locais visitados pela equipe do Procon Estadual foram Papelaria Franco, Livromat, Livraria Moderna, Microart, Shop Tudo, Suprimac e Zornimat localizadas na área central da  Capital e livrarias Lê,  Lusa, São Paulo e Cometa situadas  em bairros diversos de Campo Grande.

Confira a pesquisa completa clicando aqui, com a lista dos estabelecimentos nos quais foram encontrados os maiores e menores preços.

Veja Também

Tereza Cristina acompanha Bolsonaro
Economia MEIs não precisam pagar diferencial de alíquota e ICMS Microempreendedores individuais de Mato Grosso do Sul ganharam um incentivo a mais para alavancar suas empresas
Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
Agências descartam erro nas contas de energia
Índice de endividamento continua em queda na Capital
Feijão subiu 83,83% em fevereiro
Cresce a geração de empregos
Empréstimos: Ter um carro é a melhor forma de conseguir uma boa taxa, porém pode te deixar
Custo da construção civil sobe 0,21% em fevereiro, diz IBGE
IBGE prevê alta de 1% na safra de grãos de 2019