Campo Grande • 05 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Marcos Tenório, em colaboração com o Diário Digital | terça, 13 de setembro de 2016 - 17h13Pedágio sobe 8,74% na BR-163 e atravessar MS ficará mais caroMudanças vão impactar condutores de veículos de passeio, caminhões e motocicletas

Esta Resolução entrará em vigor a partir de zero hora do dia 14 de setembro de 2016
Esta Resolução entrará em vigor a partir de zero hora do dia 14 de setembro de 2016 (Foto: Rachid Waqued/ Assessoria CCR MSvia)

A partir de quarta-feira (14), que for viajar pela BR-163 administrada pela CCR MSVia terá que pagar 8,74% mais caro. Esse é o primeiro reajuste do pedágio em Mato Grosso do Sul, de acordo com a resolução nº 5.183 publicada no Diário da União hoje, esta Resolução entrará em vigor a partir de zero hora do dia 14 de setembro de 2016.

Essas mudanças vão impactar não só os condutores de veículos de passeio, mas também os que estão trafegando de caminhões e motocicletas. O aumento do valor sobe conforme os eixos de cada veículo.

Para carros de passeio, os preços variam entre R$ 4,60 e R$ 7,40, mas para um caminhão de reboque de 6 eixos, se for atravessar o Estado chegara a pagar quase R$ 190,00 em pedágios.

O Estado de Mato Grosso do Sul tem nove praças de pedágio distribuídas em 845,4 quilômetros de extensão da rodovia entregue a concessão em 2014. As praças estão localizadas em Mundo Novo, Itaquiraí, Caarapó, Rio Brilhante, Campo Grande, Bandeirantes, São Gabriel do Oeste, Rio Verde de Mato Grosso e Pedro Gomes.

Os novos valores entram em vigor amanhã e estarão disponíveis no site da concessionária. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 648 0163.

Veja Também
Receita deve liberar esta semana consulta ao último lote do IR 2016
Comércio funciona até mais tarde a partir de hoje
Empresários de MS pedem desburocratização no acesso ao FCO
Papai Noel traz valores do Natal para o ano inteiro
Renovada, parceria mantém desconto de até 50% para servidores
Número de assinantes de TV paga continua caindo por causa da crise econômica
Contribuintes podem quitar débitos com descontos de até 90%
Indústria de MS tem saldo positivo
Vendas de supermercados crescem 1,16% no acumulado do ano
quarta, 30 de novembro de 2016 - 10h45Inadimplência sobe 0,7% Consumidor de Campo Grande está devendo mais
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento