Campo Grande •28 de Março de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Marcos Tenório, em colaboração com o Diário Digital | Terça, 13 de Setembro de 2016 - 17h13Pedágio sobe 8,74% na BR-163 e atravessar MS ficará mais caroMudanças vão impactar condutores de veículos de passeio, caminhões e motocicletas

Esta Resolução entrará em vigor a partir de zero hora do dia 14 de setembro de 2016
Esta Resolução entrará em vigor a partir de zero hora do dia 14 de setembro de 2016 (Foto: Rachid Waqued/ Assessoria CCR MSvia)

A partir de quarta-feira (14), que for viajar pela BR-163 administrada pela CCR MSVia terá que pagar 8,74% mais caro. Esse é o primeiro reajuste do pedágio em Mato Grosso do Sul, de acordo com a resolução nº 5.183 publicada no Diário da União hoje, esta Resolução entrará em vigor a partir de zero hora do dia 14 de setembro de 2016.

Essas mudanças vão impactar não só os condutores de veículos de passeio, mas também os que estão trafegando de caminhões e motocicletas. O aumento do valor sobe conforme os eixos de cada veículo.

Para carros de passeio, os preços variam entre R$ 4,60 e R$ 7,40, mas para um caminhão de reboque de 6 eixos, se for atravessar o Estado chegara a pagar quase R$ 190,00 em pedágios.

O Estado de Mato Grosso do Sul tem nove praças de pedágio distribuídas em 845,4 quilômetros de extensão da rodovia entregue a concessão em 2014. As praças estão localizadas em Mundo Novo, Itaquiraí, Caarapó, Rio Brilhante, Campo Grande, Bandeirantes, São Gabriel do Oeste, Rio Verde de Mato Grosso e Pedro Gomes.

Os novos valores entram em vigor amanhã e estarão disponíveis no site da concessionária. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 648 0163.

Veja Também
JBS retoma produção de carne bovina
IPVA 2017: prazo para pagamento da 3ª parcela vence nesta sexta-feira
Segunda, 27 de Março de 2017 - 09h05Mercado financeiro reduz de 4,15% para 4,12% projeção para a inflação Projeção para a inflação este ano está abaixo do centro da meta, que é 4,5%
Consumidores devem ficar atentos a ofertas de planos de internet fixa com limite
Energia deve subir 7% em MS
Reforma da Previdência é necessária para reduzir juros, diz presidente do BC
Negativação do Comércio cai pelo terceiro mês consecutivo
Consumidores acreditam em inflação de 7,5% nos próximos 12 meses
Sexta, 24 de Março de 2017 - 08h49Maduro diz que não é inimigo dos padeiros nem do setor privado Ele reafirmou a necessidade de "normalizar" a situação nas padarias de Caracas
JBS suspende produção em frigoríficos de MS
Square Banner Sicredi
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento