Campo Grande •27 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Laureano Secundo | Terça, 11 de Abril de 2017 - 08h24Comércio deve vender menosIntenção de compra chega a 60% contra média de 80% nos anos anteriores

Consumidor está retraído quando se fala em comprar chocolate
Consumidor está retraído quando se fala em comprar chocolate (Foto: Arquivo Diário Digital)

O consumidor está mais retraído na intenção de comprar chocolate para presentear nesta páscoa e 60% têm intenção de  ir as compras sendo em anos anteriores a m[edia sempre foi acima de 80%. Uma pesquisa de intenção de compra para a festividade foi produzida na última quinzena de março, com entrevistas de 614 pessoas, em sete regiões da Capital: Segredo, Prosa, Lagoa, Imbirussu, Anhanduizinho, Bandeira e Centro. Levantamento produzido pelo Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG)

O ovo de chocolate está no topo da lista de presentes, com 60,8% da preferência, e em segundo lugar, com 19,1%, aparece a caixa de bombons. Barra de chocolate, cestas de bombons e chocotone foram outras opções citadas com menor incidência. Grande parte dos campo-grandenses também deve levar para casa mais que um produto, já que 30,5% dos entrevistados presentearão duas pessoas e 19,3% apontaram três indivíduos. Apenas 28,1% indicaram um ente a ser presenteado. Filhos, mãe e esposo (a) foram as principais pessoas apontadas a receberem os presentes.

 

Ainda segundo o estudo, 27,7% estão dispostos a gastar até R$ 50,00; 24,4% pretendem investir de R$ 91,00 a R$ 130,00; e 15% gastarão de 176,00 a R$ 210,00. No total, 67,1% dos consumidores poderão desembolsar até R$ 210,00 com presentes para a festividade. 

 

A forma de pagamento mais apontada (62%) foi a opção à vista (dinheiro e cartão de débito), o que representa uma boa notícia para a economia de Campo Grande, avalia o presidente da ACICG. “Com dinheiro na mão, as chances de negociação são maiores. O comerciante pode criar estratégias conforme o volume da venda e o cliente pode ser atraído pelos descontos, por exemplo. Percebemos que os consumidores estão mais seletivos para não comprometer o orçamento, tanto que este levantamento sinaliza que 67% dos entrevistados realizarão pesquisas de preços antes de efetivarem suas compras”, explica João Carlos Polidoro. 

 

Veja Também
Governo antecipa salários e injeta R$ 450 milhões na economia
Vendas de carros leves tem aumento de quase 40%
Sem acordo, supermercados não abrem dia 1º de maio
Superintendente da Receita diz que meta de entrega do IR será atingida
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 10h35Inflação do aluguel cai e acumula variação de 3,37% em doze meses Esta última variação é utilizada como base de correção de preços em muitos contratos como o de reajuste do aluguel
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 10h33Arrecadação federal cai 1,16% em março, informa Receita Valor chegou a R$ 328,744 bilhões, com crescimento de 0,08% no total
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 08h30IBGE: 1,5 milhão de pessoas devem para seus empregadores Índice é de 2,5% entre os contratados de forma direta
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 07h55Custo da construção tem queda de -0,08% Índice apresenta uma redução conforme a Fundação Getúlio Vargas
Decreto muda tributação do gás, mas preço e câmbio atrapalham
Governo estadual deposita salários na sexta-feira
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento