Campo Grande •30 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Valdelice Bonifácio | Quarta, 28 de Dezembro de 2016 - 07h00Para 2017, mulheres desejam paz e dinheiroRoupas brancas e amarelas são quase absolutas na preferência para o réveillon

  
Rosana Marques escolhe roupas para a virada do ano: "O amor a gente deixa para o Natal (...) o que queremos agora é paz e dinheiro" (Foto: Marco Miatelo)
  • Rosana Marques escolhe roupas para a virada do ano: O amor a gente deixa para o Natal (...) o que queremos agora é paz e dinheiro
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

A combinação branco e amarelo toma conta das vitrines das lojas de roupas femininas neste fim de ano, em Campo Grande. As cores são as favoritas das clientes para a noite de réveillon. O branco é tradicionalmente lembrado pelo significado de paz. Já o amarelo, segundo a crença, atrai dinheiro e riqueza. Daí, ambas cores são quase obrigatórias no look da virada.

No Shopping Pátio Central, bem no centro da Capital, a dupla branco e amarelo é quase absoluta nas vitrines. “A clientela quer paz e dinheiro”, define a gerente da loja Morena Plus, Aline Bueno, sendo confirmada pela cliente Rosana Marques. A consumidora experimenta vestidos totalmente brancos ou com detalhes em amarelo para a noite da virada de ano.

Para Rosana, as cores das roupas usadas no réveillon são muito significativas. “Sempre tive a crença de que a cor atrai o que você está desejando. Gosto do branco, porque afinal de contas o mundo em que vivemos está precisando de paz e tranquilidade. E o amarelo também é necessário porque atrai dinheiro”, afirma a bancária.

E o amor? “O amor é mais para o vermelho né? Então a gente deixa para o Natal que tem a cor vermelha também. O que queremos agora é paz e dinheiro”, diverte-se Rosana. Aline, a gerente da loja, relata que na preferência da clientela figura também o dourado, muito procurado por quem deseja prosperidade.

A Morena Plus oferece desde looks básicos com preços populares a vestidos mais elaborados para a passagem de ano. A diversidade também está presente na loja Pitanga Morena. A maior parte das roupas é de fabricação própria. A confecção é campo-grandense e fica localizada no Bairro Coronel Antonino.

Na loja, a gerente Aparecida Santana, demonstra a composição de looks estilosos para a virada do ano. A combinação de um blazer branco, uma camiseta bordada com detalhes azuis e um shortinho branco é sucesso garantido, segundo ela. “O material é de boa qualidade, pode ser usado em outras ocasiões além do réveillon, e a loja facilita a compra parcelando em até seis vezes”, informa a gerente.

A Pitanga Morena oferece vestidos brancos, coloridos e estampados com variedade de preços. “O branco continua sendo o carro chefe, mas o amarelo e o vermelho também são muito procurados. Por isso, nos preparamos para atender essa demanda, com valores acessíveis e boas condições de pagamento”, acrescenta Aparecida.

Já os homens quando vão às compras para a virada do ano buscam roupas descontraídas, segundo a gerente da loja Tommy Hilfiger, Íria Flores. “Não existe isso de idade, os homens de qualquer faixa etária estão em busca de algo descolado. Daí as camisetas coloridas e bermudas são as prediletas”, relata.

A loja que fica na entrada no Pátio Central vendeu acima das expectativas no Natal. A explicação para isso foi a oferta de roupas de marca, com boa qualidade e preços baixos. Há camisetas coloridas pelo valor de R$ 39,50. Bermudas e calças também estão sendo oferecidas com 50% de desconto no preço original.

A temporada de descontos, aliás, começou em várias lojas do Pátio Central. Ainda não se trata de uma queima de estoques, mas os preços reduzidos já saltam aos olhos dos consumidores e enchem os estabelecimentos. Na Anita Calçados, por exemplo, o movimento é intenso durante o dia todo. Sandálias, cujo o preço original beirava os R$ 180,00, agora estão sendo ofertadas por R$ 99,00. Os sapatos masculinos também ficaram mais baratos.

Sorteio do carro – Vale mencionar que a cada R$ 100 em compras nas lojas do Pátio Central, o cliente poderá concorrer a um veículo zero quilômetro. Basta apresentar as notas fiscais, receber o cupom e depositar na urna. O carro será sorteado no dia 9 de janeiro, às 14h, na praça de alimentação. A promoção vale para  as compras realizadas até 7 de janeiro. O balcão de trocas fica no 1º piso

Endereço e horários – O Pátio Central fica na Rua Candido Mariano, 1380, centro de Campo Grande. O estabelecimento funciona de Segunda a sábado das 8h às 19h – Praça de alimentação até às 21h. No dia 31 de dezembro, o fechamento às 16h e no dia 1 de janeiro de 2017, o shopping não abrirá.

Veja Também
Supermercados obtêm liminar para abrir no feriado
Reforma acaba com banalização de processos trabalhistas, diz presidente da Fiems
Dia do trabalhador fecha comércio e mercados na Capital
Governo antecipa salários e injeta R$ 450 milhões na economia
Vendas de carros leves tem aumento de quase 40%
Sem acordo, supermercados não abrem dia 1º de maio
Superintendente da Receita diz que meta de entrega do IR será atingida
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 10h35Inflação do aluguel cai e acumula variação de 3,37% em doze meses Esta última variação é utilizada como base de correção de preços em muitos contratos como o de reajuste do aluguel
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 10h33Arrecadação federal cai 1,16% em março, informa Receita Valor chegou a R$ 328,744 bilhões, com crescimento de 0,08% no total
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 08h30IBGE: 1,5 milhão de pessoas devem para seus empregadores Índice é de 2,5% entre os contratados de forma direta
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento