Menu
21 de setembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Estado

MS ganha 662 novas empresas em Agosto

Desempenho foi o melhor para o período desde 2014, segundo levantamento divulgado pela Jucems

5 Set2019Da redação17h18

Foram abertas 662 novas empresas durante o mês de Agosto em Mato Grosso do Sul, segundo dados da Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems), órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).  O desempenho é o melhor para o período desde 2014, quando o país ainda não havia mergulhado na crise econômica.

Entre janeiro e agosto foram abertas 4.858 empresas no Estado, mostra o relatório da Jucems. É o maior saldo acumulado desde 2014. Em agosto do ano passado foram registrados 614 novos cadastros, portanto em relação a esse ano houve um aumento de 8,29%.

Analisando o resultado, o secretário Jaime Verruck (Semagro) lembrou outros indicativos de recuperação da economia sul-mato-grossense. “Em julho batemos recorde na contratação de trabalhadores com carteira assinada. Foram 1.206 novos postos de trabalho, melhor resultado para o mês desde 2012. E em julho tivemos a abertura de 757 novos empreendimentos, o melhor desempenho do setor desde 2013. São mostras de que o Estado fez as reformas necessárias e saiu na frente da crise”, frisou.

O presidente da Junta, Augusto Cesar Ferreira de Castro, chama a atenção para o setor líder de abertura de empresas em agosto, Restaurantes e Similares, com 24 novos cadastros. “Esse setor é o primeiro a sentir quando o orçamento da família fica mais apertado. Corta-se o lazer. Havendo recuperação no consumo, as pessoas passam a sair mais pra jantar, consequentemente o setor aquece”.

Campo Grande concentrou o maior número de novas empresas (260), seguido de Dourados (78) e Três Lagoas (36). O setor de Serviços foi o mais favorecido, com 409 cadastros; Comércio teve 220 e a Indústria, 33.

Veja Também

Frigorífico será reaberto e vai gerar até 460 empregos
Nova indústria de Três Lagoas é a primeira a beneficiar fibra curta de celulose
Conselho do FCO aprova R$ 335 milhões a mais para empreendedores de MS
Pagar conta e reformar imóvel será destino de dinheiro do FGTS em MS
MS lidera produção de eucalitpo
Pioneiros e Coronel Antonino recebem orientações gratuitas sobre empreendedorismo
BID quer firmar novas parcerias com o Estado
Arábia Saudita vai comprar mais produtos agrícolas do Brasil
Presidente da Fecomércio MS palestra no Café com Negócios
Receita libera 4º lote