Campo Grande • 09 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | segunda, 19 de setembro de 2016 - 16h10MS avança quatro posições e se torna o 5º no Ranking da CompetitividadeNo indicador do capital humano, o Estado passou da 12ª posição para a 7ª

(Foto: Reprodução/Revista Exame/Governo MS)

Mato Grosso do Sul subiu quatro posições no Ranking da Competitividade dos estados brasileiros, passando da 9ª para a 5ª posição nacional, segundo o levantamento da consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU), publicada hoje (19) na Revista Exame.

Com esse indicador, o Estado se torna mais atraente para novas empresas investirem em território sul-mato-grossense, além de demonstrar um salto na qualidade dos serviços e na condução da administração pública.

O fator positivo, segundo o governador Reinaldo Azambuja, se deve à busca da eficiência na gestão pública implantada pelo atual Governo. “O Estado tem que ser eficiente de maneira continua, com qualidade e regularidade. Tem que gastar menos com a máquina e mais com as pessoas”, pontou o governador.

No levantamento, foram analisados 65 itens, divididos em 10 pilares estratégicos: segurança pública; eficiência da máquina pública; sustentabilidade social; capital humano; infraestrutura; inovação; educação; potencial de mercado; solidez fiscal e sustentabilidade ambiental.

O resultado final gerou uma nota de 0 a 100 para cada estado, onde Mato Grosso do Sul conquistou a 5ª posição, atrás apenas dos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e o Distrito Federal. Dos Estados da região do centro-oeste, Mato Grosso do Sul conquistou a segunda melhor posição, ficando atrás somente do Distrito Federal.

A média do Estado foi de 65.1 neste levantamento, enquanto em 2015 foi de 63.6. Já o Brasil apresentou queda na média geral, pontuando em 50.2 este ano contra 53.6 no levantamento de 2015.

Os melhores índices do Estado foram nos quesitos da infraestrutura e do capital humano. Comparando os levantamentos de 2015 e 2016, Mato Grosso do Sul avançou nove colocações em infraestrutura, passando da 16ª posição nacional para a 7ª, em 2016.

No indicador do capital humano, onde é analisado o valor que cada indivíduo contribui para o crescimento regional, o Estado passou da 12ª posição para a 7ª, melhorando cinco posições no ranking nacional.

O Ranking de Competitividade tem o objetivo de alcançar um entendimento mais aprofundado e abrangente dos estados brasileiros e do Distrito Federal.

Veja Também
sexta, 09 de dezembro de 2016 - 11h07Número de inadimplentes chega a 58,7 milhões, diz pesquisa Apesar de elevada, a lista recebeu menos devedores do que entre 2014 e 2015
Investimentos de empresas em ações inovadoras ficam estáveis, diz pesquisa
Campo Grande tem a 2ª maior inflação do país
TCE-MS e Sefaz vão caçar sonegadores de impostos
Receita libera consulta ao último lote do Imposto de Renda 2016
Inflação de novembro na Capital é a menor desde 2000
quinta, 08 de dezembro de 2016 - 08h22Construtoras do Minhas Casa Minha Vida terão prazos de pagamento antecipados Medida estava prevista para 2017, mas foi antecipada após reivindicações do setor de construção civil
terça, 06 de dezembro de 2016 - 16h00CNA prevê expansão de 2% do agronegócio em 2017 Setor representa 48% das exportações totais do país
Industriais de MS pedem contratos dos incentivos fiscais
terça, 06 de dezembro de 2016 - 10h35Setor terciário representa 70% dos empregos gerados em MS Economia sul mato-grossense registrou 645.620 empregos formais em 2015
Igreja Imaculado Coração de Maria
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento