Campo Grande •23 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner ÁGUAS GUARIROBA - Aniversário de Campo Grande

Da Agência Brasil | Quinta, 16 de Março de 2017 - 11h08Mercado financeiro projeta déficit nas contas públicas acima da metaEstimativa para este ano é R$ 1,148 trilhão

Instituições financeiras consultadas pelo Ministério da Fazenda projetam que o déficit primário do Governo Central, formado por Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, deve chegar a R$ 149,684 bilhões. A estimativa está acima da meta de déficit perseguida pelo governo de R$ 139 bilhões. Em fevereiro, a projeção era R$ 149,589 bilhões.

A estimativa consta da pesquisa Prisma Fiscal, elaborada pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, com base em informações do mercado financeiro.

Para 2018, a estimativa das instituições financeiras é déficit de R$ 118,319 bilhões, contra R$ 125 bilhões previstos em fevereiro. A projeção da arrecadação das receitas federais este ano caiu de R$ 1,351 trilhão para R$ 1,348 trilhão. Para 2018, a estimativa é R$ 1,443 trilhão, ante R$ 1,455 trilhão previsto anteriormente.

Para a receita líquida do Governo Central, a estimativa para este ano é R$ 1,148 trilhão, ante R$ 1,151 trilhão previstos no mês passado. No caso da despesa total do Governo Central, a projeção passou de R$ 1,309 trilhão para R$ 1,300 trilhão.

A pesquisa apresenta também a projeção para a dívida bruta do Governo Central, que, na avaliação das instituições financeiras, deve ficar em 75,6% do Produto Interno Bruto (PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país). A previsão anterior era 76,2% do PIB. Para 2018, a estimativa ficou em 78,7% do PIB, ante 79,62% previstos no mês passado.

Veja Também
FGTS registra lucro recorde de mais de R$ 14 bilhões em 2016
Governo avalia nova devolução de recursos do BNDES ao Tesouro
Segunda, 21 de Agosto de 2017 - 11h51Mercado financeiro eleva estimativa para inflação pela quinta vez seguida Para 2018, o IPCA foi mantido em 4,20% há cinco semanas consecutivas
PIB cai 0,24% no segundo trimestre, diz pesquisa da FGV
Campo Grande ganha mais uma agência do Sicredi
Sicredi inaugura sua 13ª Agência na Capital
Cresce a intenção de consumo das famílias
Sexta, 18 de Agosto de 2017 - 08h27Intenção de consumo das famílias de Campo Grande volta a subir em agosto Aumento é ainda maior (23,22%) quando comparado com agosto do ano passado, que registrou 63,3 pontos
Desemprego cai em todas as regiões, mostra IBGE
Atividade econômica apresenta crescimento de 0,25% no segundo trimestre
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento