Campo Grande •11 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner SEGOV - Governo Presente 3 DETRAN/DESAFINADOS

Da redação | Sexta, 21 de Abril de 2017 - 13h18Meirelles diz que país pode crescer mais de 3%Crescimento deve acontecer principalmente se reformas forem aprovadas

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (20) em Washington que a retomada do crescimento no Brasil será lenta, devido ao nível profundo de recessão, mas que o país deve chegar ao final do ano crescendo a uma “taxa forte”.

Segundo ele, o crescimento em 2018 pode ser de mais de 3%, caso as reformas trabalhista e na área microeconômica sejam aprovadas. “Nossa expectativa é que tenhamos em 2018 um crescimento mais forte do que o esperado”, disse. Meirelles está em Washington, onde participa até sábado (22) da reunião de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial

Esta semana, o FMI estimou que o crescimento do Brasil em 2018 deva ficar em 1,7%. Segundo o ministro, é papel do fundo fazer uma avaliação mais “conservadora”. Além disso, de acordo com Meirelles, o relatório não levou em conta a aprovação, ontem (19), do regime de urgência para votação da reforma trabalhista na Câmara.

Segundo o ministro, o foco do governo continua sendo a aprovação da reforma da Previdência. Meirelles reiterou que as mudanças ao texto original feitas pelo relator da proposta na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), não comprometem o ajuste fiscal e estão dentro das expectativas do Ministério da Fazenda.

O ministro reconheceu que a reforma da Previdência tem mais potencial para gerar tumulto no Congresso do que a reforma trabalhista, mas disse que a “parte mais forte do processo” já passou. “Nós tivemos recentemente policiais fazendo demonstrações fortes em frente ao Congresso, e tivemos algumas semanas atrás movimentações muito mais fortes. Acho que está um pouco mais calmo, já está se chegando de fato a um movimento em que a reforma já está andando normalmente.”

Veja Também
Transporte e habitação fazem inflação subir na Capital
Sexta, 8 de Dezembro de 2017 - 12h28Receita abre consulta ao sétimo desde lote de restituição do IRPF de 2017 Imposto contempla 30.300 contribuintes de Mato Grosso do Sul
Arrecadação do Refis de MS chega a 70 milhões
Receita abre consulta ao último lote de restituição do Imposto de Renda 2017
Empregadores têm até hoje para fornecer informações ao Caged
Prazo para adesão ao Refis de MS encerra em 10 dias
Tarifa de água ficará mais cara em 6 de janeiro
Quarta, 6 de Dezembro de 2017 - 11h22Inflação desacelera em novembro e é menor para famílias com renda mais baixa FGV constatou ainda que a inflação medida pelo IPC-C1 fechou o mês de novembro abaixo da taxa relativa ao IPC-Br
Lojas da Capital já podem funcionar até mais tarde
Problema bancário atrasa pagamento de 650 servidores na Capital
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento