Menu
12 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Economia

Intenção de consumo das famílias recua 1,7% em julho

19 Jul2019Agência Brasil13h13

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF), medida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), recuou 1,7% na passagem de junho para julho deste ano e chegou a 89,8 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Essa foi a quinta queda consecutiva do indicador.

Os sete componentes do ICF tiveram queda, com destaque para perspectiva de consumo (3,2%) e momento considerado adequado para a compra de bens duráveis (3,8%).

“A variação de 1,7% mostra, pela quinta vez, a queda do índice, mostrando uma relativa insatisfação das famílias com relação ao momento da economia, uma certa frustração em relação ao início do ano e mostrando também que elas se apresentam bastante cautelosas em relação aos gastos”, disse o pesquisador da CNC Antonio Everton.

Na comparação com julho de 2018, no entanto, houve uma alta de 5,5% no indicador. Nesse tipo de comparação, os sete componentes tiveram alta, com destaque para o nível de consumo atual (10,8%).

Veja Também

Vereadores da Capital prorrogam Refis Natalino
Sicredi vence 21ª edição do prêmio Abrasca
Caixa começa a pagar nesta terça o décimo terceiro
Receita Federal abre consulta ao último lote de restituição do IR
Negociação de débitos começa na segunda-feira
Energisa sorteia 30 geladeiras em ação social no Bairro Aero Rancho
Inicia amanhã saque imediato do FGTS para nascidos em Setembro e Outubro
Confira horário e funcionamento do comércio em Dezembro
Mercado financeiro eleva estimativa de inflação este ano para 3,29%
Sindicato das indústrias metalmecânicas de MS tem nova diretoria