Campo Grande •28 de Maio de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Quinta, 10 de Novembro de 2016 - 14h45Gasto médio das contas de consumo dos brasileiros recua 1,8%Levantamento constatou que região Norte teve a maior queda, superando 6%

Segundo base de dados do Celcoin, as famílias estão gastando menos, em média, por cada conta de consumo paga no mesmo período do ano passado. Em todo o país a redução foi de R$ 113,21 em média por conta paga no terceiro trimestre de 2015, para R$ 111,13 no mesmo período em 2016. Na região Norte ocorreu a maior queda, com retração de 6,1%, seguida pela Nordeste com menos 4,4% e Sudeste, 0,9%. No entanto, na região Sul houve um pequeno aumento de 1%.

Segundo análise do Celcoin, a redução no gasto do brasileiro com pagamento de contas é resultado da conjuntura econômica, impacto da inflação e aumento do desemprego no país. Esta é a primeira vez que a empresa divulga levantamento sobre o cenário de pagamentos de contas. A ideia é divulgar o levantamento a cada trimestre.

De acordo com análise do Celcoin, considerando que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor do mesmo período foi de 9,98%, além de haver uma redução no gasto médio de contas, a inflação contribuiu para diminuir o poder de consumo dos brasileiros.

Esta é a primeira vez que a empresa divulga o levantamento sobre o cenário de pagamentos de contas e considera o gasto dos usuários com contas como água, luz, telefonia e IPTU. A ideia é divulgar os dados a cada trimestre.

Veja Também
Missão Food Brasil
Caiu o consumo de carne
Contas de luz de junho terão bandeira verde, sem acréscimo na tarifa
Troca de experiências e negócios em cafeteria
Feira de imóveis é oportunidade de comprar casa própria a partir de R$ 100 mil
CDL-CG e Sebrae realizam Missão Food Brasil
Quinta, 25 de Maio de 2017 - 13h07Taxa de juros do rotativo do cartão de crédito cai para 422,5% ao ano Queda em relação a março, foi de 67,8 pontos percentuais
Quinta, 25 de Maio de 2017 - 10h30Confiança do Comércio recua em maio depois de cinco altas consecutivas Resultado ocorre após cinco altas consecutivas, período em que indicador acumulou crescimento de 11,1 pontos
Quarta, 24 de Maio de 2017 - 12h25Lucro da Caixa cresce 81,8% no primeiro trimestre deste ano Ao final de março, a Caixa possuía R$ 2,2 trilhões em ativos administrados
Conta de luz pressiona inflação, diz FGV
Vídeos
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento