Campo Grande •23 de Fevereiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Águas Guariroba - Campanha Águas Faz Mais

Da redação | Terça, 4 de Outubro de 2016 - 13h35Frigoríficos voltam a gerar emprego em MS13 municípios de Mato Grosso do Sul irão exportar carne in natura para a União Europeia

A recente decisão da União Europeia (UE) de autorizar 13 municípios de Mato Grosso do Sul, da região de fronteira com o Paraguai e a Bolívia, que faziam parte da antiga Zona de Alta Vigilância (ZAV), a vender carne bovina in natura para os países da EU. São medidas que deverão alavancar a indústria frigorífica de MS, gerando emprego e renda nesse mês de outubro. A previsão é de Rinaldo Salomão, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins de Campo Grande e Região (STIAA/CG).

“Estamos muito otimistas com a volta de centenas de empregos que foram perdidos ao longo de mais de ano em nosso Estado”, afirma o sindicalista.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e a embaixadora norte-americana no Brasil, Liliana Ayalde, trocaram as Cartas de Reconhecimento de Equivalência dos Controles de Carne Bovina, que marcam a abertura de mercado para carnes in natura entre os dois países, em recente solenidade no Palácio do Planalto, que contou com a presença do presidente Michel Temer, e do ministro das Relações Exteriores, José Serra, além de parlamentares ligados à agropecuária e de representantes do setor produtivo.

Em Mato Grosso do Sul, a área autorizada pela União Europeia conglomera os municípios de Corumbá e Ladário, bem como a região localizada a 15 quilômetros das fronteiras das cidades de: Porto Murtinho, Caracol, Bela Vista, Antônio João, Ponta Porã, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas, Japorã e Mundo Novo. O restante do estado já tinha permissão para exportar carne in natura para a UE desde 2008.

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), o estado embarcou para a UE no acumulado de janeiro e maio de 2016, 2,730 mil toneladas de carne bovina, representando 6,06% do total do produto exportado por Mato Grosso do Sul no período, que foi de 44,995 mil toneladas.

Veja Também
Lojistas abrem guerra contra Feiras de Varejo
MS registra aumento na produção de carne
Relacão comercial com o Paraguai
Porta de saída para soja do MS
Energia pré-paga será debatida em reunião do Concen
Consumidor acredita que inflação será de 5,4% nos próximos 12 meses
Trabalhadores nascidos em março e abril podem sacar abono salarial
Pagamento do PIS para trabalhadores nascidos em março e abril começa nesta quarta
PIB brasileiro cresceu 1% em 2017, diz FGV
Governo apenas adia problema
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento