Menu
23 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Industrializados

Exportação de MS voltam a crescer

Vendas para o exterior alcançam a marca de US$ 1,9 bilhão em 8 meses

14 Set2017Laureano Secundo08h59

A receita com as exportações de produtos industrializados de Mato Grosso do Sul alcançou a marca de US$ 1,91 bilhão de janeiro a agosto deste ano, o que representa um crescimento de 10% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando atingiu o patamar de US$ 1,73 bilhão, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems. Apenas comparação de agosto de 2016 com agosto de 2017, a receita com a exportação de produtos industriais aumentou em 26%, saindo de US$ 230,8 milhões para US$ 290 milhões.

Já em relação à participação relativa, no mês, a indústria respondeu por 59% de toda a receita de exportação de Mato Grosso do Sul, enquanto no acumulado do ano, na mesma comparação, a participação ficou em 58%. Na avaliação do coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, de janeiro a agosto, os principais destaques ficaram por conta dos grupos “Celulose e Papel”, “Complexo Frigorífico”, “Açúcar e Etanol”, “Extrativo Mineral”, “Óleos Vegetais”, “Couros e Peles” e “Siderurgia e Metalurgia”, que, somados, representaram 98% da receita total das vendas sul-mato-grossenses de produtos industriais ao exterior.

No caso do grupo “Celulose e Papel”, de janeiro a agosto de 2017, as exportações somaram US$ 638,9 milhões, apontando queda de 5% sobre igual período de 2016, quando as vendas atingiram US$ 675,8 milhões. Já no “Complexo Frigorífico a receita de exportação de janeiro a agosto de 2017 alcançou US$ 612,3 milhões, indicando crescimento de 17% sobre igual período de 2016, quando o total ficou em US$ 524,4 milhões. 

Veja Também

Fábrica de papéis pode se instalar em Três Lagoas após votação na Câmara
Maggi vai tratar com Rússia e China sobre embargo à carne brasileira
Procon divulga nova pesquisa sobre preços de combustíveis
Copa e namorados impulsionaram compras
Economia Copom inicia hoje reunião para definir taxa Selic Meta de inflação, que é de 4,5% neste ano, com limite inferior de 3% e superior de 6%
MS bate recorde na contratação do FCO em cinco meses em 2018
Confederação prevê nas vendas do setor de serviços em 2018
Copa do Mundo pode movimentar mais de R$ 20 bilhões
Exportações de MS crescem 45%
Caixa divulga novo calendário de pagamento do PIS