Menu
24 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Economia

Evento internacional sobre gás natural terá MS como tema

Encontro é da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás

12 Mai2017Da redação20h00

 Mato Grosso do Sul será tema de encontro Internacional de Gás, o “Internacional Gas Union” (IGU), que acontecerá em Florianópolis (SC), nos dias 20, 21, 22, e 23 de maio. O evento intitulado ‘Janela 2020: O Suprimento de Gás Natural para a Região Sul do Brasil e Mato Grosso do Sul’, está sendo organizado pela Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) em parceria com o Governo do Estado de Santa Catarina.

O encontro do IGU, que é a entidade máxima do Gás Natural do mundo, contará com a presença de profissionais de até 30 países, onde haverá discussões sobre formas de aplicações do gás para o cliente final. O evento contará com a presença de representantes do IGU de vários países como Argélia, Canadá, Dinamarca, Irã, França, Holanda, Polônia, Japão, Portugal e Tailândia.

A Bolívia também terá presença garantida, ganhando destaque por ser a principal provedora de gás natural para os estados de Mato Grosso do Sul e região. O evento contará com a presença do ministro de Hidrocarburos, Luís Alberto Sánchez Fernández, e do embaixador da Bolívia no Brasil, Pablo Ezedin Alarcón Prado. “Valorizamos o diálogo com nosso principal mercado consumidor e aproveitaremos a presença em Santa Catarina para estreitar outras relações comerciais”, garante Prado.

Além dos convidados internacionais, autoridades brasileiras estarão presentes, como o Secretário Executivo de Petróleo e Gás Natural do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix Carvalho Bezerra, que fará a palestra de abertura.

Para Márcio Félix, as ações da região Sul e do Estado do Mato Grosso do Sul para ampliar a infraestrutura, absorver a oferta, atender a demanda e o desenvolvimento do mercado do gás, com a criação de novas alternativas de suprimento, devem estar integradas com o setor energético e com países vizinhos, como a Argentina e o Uruguai. “O evento será uma oportunidade de integrar essas ações com as distribuidoras, o mercado e os governos e até mesmo o setor elétrico. O Sul tem a maior oportunidade na área do gás em razão da sua posição geográfica”, comenta.

O diretor presidente da Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGÁS), Rudel Espindola Trindade Junior, vê a escolha de MS como estratégica. “O tema gás natural já tem sido colocado como uma questão essencial para o desenvolvimento do Estado. E vejo que será excelente para Mato Grosso do Sul ser discutida no âmbito de um encontro internacional como esse”, disse.

As inscrições já estão abertas e os interessados podem reservar suas vagas pelo site.

Veja Também

Em MS, 70% vão às compras para o Dia das Mães
Governo pode adiar reajuste dos servidores, diz ministro da Fazenda
Brasil terá perda de 30% nas exportações de frango para a Europa
MS tem dois frigoríficos embargados pela Europa
Petrobras aumenta preços de combustíveis nas refinarias
MS teve recorde de exportação
Banco Central estuda criar sistema de pagamento instantâneo
Economia Confiança do empresário recua pela primeira vez após oito meses No cálculo do índice, valores abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança do empresário
Contribuinte pode obter ajuda para declarar IR no Pátio Central
Projeto garante isenção de IR para indústrias de MS