Campo Grande • 03 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | quinta, 06 de outubro de 2016 - 11h30Fiems espera que MS eleve teto do SimplesCongresso já aprovou a elevação e estados podem tomar decisão semelhante

Com a aprovação do projeto de lei pela Câmara Federal, que eleva o teto do Simples Nacional de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões por ano a partir de 2018, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, espera agora que o governador Reinaldo Azambuja também acompanhe a decisão e aumente o teto do Simples estadual. “Entendemos que o governador fez um compromisso com o setor empresarial, principalmente, com os pequenos empreendimentos, e, nessa condição, ele propôs manter o teto do Simples em Mato Grosso do Sul equiparado com o do Simples Nacional”, declarou.

Sérgio Longen destaca que, na primeira equiparação promovida pelo governo estadual, se chegou ao teto de R$ 2,52 milhões por ano. Agora, será necessário tomar uma decisão até o dia 31 de outubro deste ano sobre o novo teto em Mato Grosso do Sul, que começará a vigorar em 1º de janeiro de 2017. “Sabemos que a situação de receita não está fácil para o Governo Federal e para o Governo estadual, mas temos de levar em consideração que o momento é ruim para todos, inclusive para os empresários. Precisamos avançar logo nessa discussão por uma questão de prazo, portanto, acho que o Governo do Estado poderia acompanhar o Simples Nacional, elevando para R$ 3,6 milhões”, sugeriu.

Para o presidente da Fiems, se o Estado fazer a equiparação com o Simples Nacional será um avanço para o setor empresarial. “As empresas sofreram com a elevação da inflação dos últimos anos e precisam manter a competitividade. Por isso, entendemos que, da mesma forma que o Governo Federal, mesmo tendo dificuldades, flexibilizou o aumento do teto do Simples, o Estado também poderia aderir a esse movimento. Isso é o que esperamos do nosso Governo”, afirmou.

Veja Também
Renovada, parceria mantém desconto de até 50% para servidores
Número de assinantes de TV paga continua caindo por causa da crise econômica
Contribuintes podem quitar débitos com descontos de até 90%
Indústria de MS tem saldo positivo
Vendas de supermercados crescem 1,16% no acumulado do ano
quarta, 30 de novembro de 2016 - 10h45Inadimplência sobe 0,7% Consumidor de Campo Grande está devendo mais
quarta, 30 de novembro de 2016 - 08h54Setor produtivo cobra recursos do FCO Lideranças empresariais reúnem-se com BB para tratar sobre recursos disponíveis
Empresário já pensa em contratar
Aumenta confiança do empresário
sexta, 25 de novembro de 2016 - 10h37Cai a renda dos trabalhadores Pesquisa do IBGE comprova empobrecimento da população
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento