Menu
15 de outubro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Município

Desconto para devedores é prorrogado até 10 de Setembro

Contribuintes poderão quitar débitos aproveitando descontos que chegam a 90% no pagamento à vista

13 Ago2019Da redação13h31

A Câmara de Campo Grande aprovou o Projeto de Lei encaminhado pela Prefeitura de Campo Grande solicitando a prorrogação do Programa de Pagamento Incentivado (PPI) para pagamento de crédito tributário ou não tributário. Com isso, o contribuinte terá até 10 de setembro para quitar os débitos com a Prefeitura, aproveitando descontos que chegam a 90% no pagamento à vista.

A Prefeitura encaminhou pedido para prorrogação até 31 de agosto, mas após emenda dos vereadores, o Refis foi prorrogado até 10 de setembro. O Refis terá validade assim que publicado no Diário Oficial de Campo Grande.

A prorrogação tem por objetivo oferecer mais uma vez a oportunidade para que os contribuintes inadimplentes com o Município de Campo Grande promovam a regularização dos débitos que nele possam ser incluídos, decorrentes de créditos tributários e não tributários constituídos ou não, inclusive os inscritos em Dívida Ativa, ajuizados ou não, com a exigibilidade suspensa ou não, em razão de fatos geradores ocorridos até 31 de dezembro de 2018.

A Prefeitura entende que o Refiz incentiva o contribuinte a retomar sua capacidade de investimentos, propiciando condições para que a Fazenda Pública Municipal possa receber créditos de difícil recuperação. Além disso, tal medida possibilita como política eventual e excepcional, arrecadação de montante de créditos tributários significativos, como receita própria aos Cofres Públicos, o que se reverterá em serviços públicos aos munícipes.

O Refis abrange todos os tributos administrados pela Prefeitura Municipal de Campo Grande: ISS, ITBI, Taxas Públicas, mas principalmente o IPTU. Ele oferece desconto de 90% na atualização monetária, dos juros de mora incidentes sobre o valor do crédito tributário e multa de pagamento à vista. Para o parcelamento em até seis meses, a remissão chega a 75%. Já para quem dividir os débitos em 12 vezes, o desconto será de 30%.

A Prefeitura de Campo Grande têm hoje mais de 195 mil contribuintes com algum tipo de atraso e esta dívida chega num montante de aproximadamente R$ 2,2 bilhões em parcelas em aberto. Isso vai desde débitos ajuizados pela Procuradoria Geral do Municipal e também débitos não ajuizados.

Atendimento para contribuintes de outras cidades - A oportunidade de quitar divida atrasada junto a Prefeitura não é só para quem tem residência fixa na Capital. O beneficio também é para os contribuintes que possuem imóveis em Campo Grande e residem em outras cidades de Mato Grosso do Sul e do País.

Para quem mora fora de Campo Grande, a Prefeitura disponibiliza o telefone (67) 4042-0581, ramal 3082. O telefone é exclusivo para as pessoas quem moram em outras cidades.

Serviço - A Central do IPTU está localizada na antiga Câmara Municipal, localizada na Rua Arthur Jorge n. 500, Centro. Ela funciona das 8 às 16 horas, sem intervalo para o almoço.

Veja Também

Convênio entre Estado e comércio prevê descontos para servidores
Cooperativas de crédito em expansão
Cresce confiança do empresário do comércio
Sicredi no MS tem duas cooperativas entre as melhores em gestão no país
Comissão mantém permissão de aumento das tarifas de energia energia
Setor de serviços recua 0,2% de julho para agosto
Governo vai aumentar cota de compras
MS chega aos 42 anos crescente na indústria
MEI: quais tipos de notas fiscais é possível emitir?
Estado apresenta potencial de investimentos no Brasil Investment Forum